CidadesCuriosidadesEditorialMenu Principal

Comissão aprova projeto de deputada do PSL que inclui exposição de crianças a conflitos como violência psicológica

capa
Dayane Pimentel salientou que “é preciso destacar que, na maioria das vezes, pequenas discussões cotidianas são parte da vida e têm impacto nulo ou muito pequeno nas crianças” | FOTO: Divulgação |

A Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados aprovou, na última quarta-feira (26), por unanimidade, o Projeto de Lei 1771/19, da deputada federal Professora Dayane Pimentel (PSL-BA), que inclui entre as definições de violência psicológica contra criança ou adolescente a exposição a conflitos severos ou crônicos na família ou na rede de apoio, pondo em risco o desenvolvimento psíquico ou emocional. O texto altera a Lei 13.431/17.

Na justificativa do projeto, a Professora Dayane salientou que “é preciso destacar que, na maioria das vezes, pequenas discussões cotidianas são parte da vida e têm impacto nulo ou muito pequeno nas crianças. O que realmente afeta as crianças são comportamentos como gritos e demonstrações mútuas de raiva diante dos filhos, ou quando um cônjuge ignora o outro constantemente”. O PL agora seguirá para a Comissão de Constituição de Justiça (CCJ) e, se for novamente aprovado, segue direto para o Senado.

A deputada federal apontou ainda a existência de estudos como os realizados pelo professor de Psicologia da Universidade de Sussex (Reino Unido), Gordon Harold, que aponta que conflitos interparentais severos ou crônicos podem provocar interrupções no desenvolvimento cerebral, distúrbios do sono, ansiedade, depressão, indisciplina e outros problemas graves em bebês crianças e adolescentes. As informações são de assessoria.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
Pular para a barra de ferramentas