CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolíticaTop

#Chapada: Manifestação em Jacobina contesta aumento de salário dos vereadores que subiu de R$8 mil para R$10 mil

O projeto que aumentou o salário foi aprovado quatro dias após as eleições municipais em caráter de urgência pela Câmara de Vereadores.

Uma manifestação em frente à prefeitura de Jacobina, município da Chapada Norte, na última quinta-feira (26), reuniu moradores e contestou a decisão da Câmara de Vereadores em aprovar o aumento dos salários dos edis de R$8 mil para R$10 mil. A decisão aconteceu quatro dias após as eleições municipais de 15 de novembro.

O projeto foi tratado logo na primeira sessão do dia 19 de novembro, com caráter de urgência, com dispensa de interstício, quando é decidido tudo em uma única sessão. Os moradores levaram cartazes e faixas, com objetivo de convencer o atual prefeito Luciano da Locar (DEM), que perdeu a eleição, a não validar a decisão da Câmara.

Seis edis foram contra a decisão do aumento salarial | FOTO: Reprodução/Augusto Urgente |

O vereador Martins (PT), no momento da sessão do dia 19, disse ter sido pego de surpresa e que “não seria um momento propício para reajuste salarial, diante da crise que o país está atravessando com a pandemia da covid. Enquanto pessoas estão passando dificuldades, a Câmara decide reajustar os salários dos vereadores”, ressalta Martins.

Seis vereadores foram contra a decisão, que só passará a valer a partir de 2022, segundo o presidente da Câmara, para respeitar o regimento interno (relembre aqui). Jornal da Chapada com informações do Augusto Urgente.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios