CidadesCuriosidadesEditorialMenu Principal
Trending

#Brasil: ‘CPI do Genocídio’ terá maioria crítica a Bolsonaro e Calheiros pode ser relator; veja aqui

O líder da Oposição, Randolfe Rodrigues, pode ser designado presidente da comissão

Foram definidos na última quarta-feira (14) os 11 membros titulares e os sete suplentes da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investigará as ações e omissões do governo de Jair Bolsonaro (sem partido) na condução da pandemia de covid-19, a chamada ‘CPI do Genocídio’. O presidente conta com poucos apoiadores.

Os partidos de oposição só possuirão duas cadeiras titulares, que serão ocupadas por Humberto Costa (PT-PE) e Randolfe Rodrigues (Rede-AP), enquanto o governo terá quatro apoiadores: Ciro Nogueira (PP-PI), Eduardo Girão (Podemos-CE), Marcos Rogério (DEM-RO) e Jorginho Mello (PL-SC).

No entanto, a maioria da CPI é composta por senadores críticos à gestão do presidente diante da pandemia, como Eduardo Braga (MDB-AM), Renan Calheiros (MDB-AL), Omar Aziz (PSD-AM), Otto Alencar (PSD-BA) e Tasso Jereissati (PSDB-CE). Os dois senadores do Amazonas estão entre os que mais pressionaram o ex-ministro Eduardo Pazuello em audiência.

Segundo informações dos jornalistas Julia Chaib, Renato Machado e Thiago Resende, da Folha de S. Paulo, essa conformação permitiria a articulação de um acordo que coloque o senador Renan Calheiros na relatoria da CPI, o que indicaria a possibilidade de um texto final crítico à gestão de Bolsonaro. O proponente da CPI, Randolfe Rodrigues, é o favorito para ocupar a presidência.

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), afirmou que será convocada uma reunião presencial para definir o presidente da comissão e o relator. Após a definição dessas funções, os trabalhos da CPI podem ocorrer de forma remota. Redação da Revista Fórum com informações da Agência Câmara e da Folha de S. Paulo.

Confira os titulares e os suplentes:
Titulares
Eduardo Braga (MDB-AM)
Renan Calheiros (MDB-AL)
Ciro Nogueira (PP-PI) – governista
Omar Aziz (PSD-AM)
Otto Alencar (PSD-BA)
Tasso Jereissati (PSDB-CE)
Eduardo Girão (Podemos-CE) – governista
Marcos Rogério (DEM-RO) – governista
Jorginho Mello (PL-SC) – governista
Humberto Costa (PT-PE)
Randolfe Rodrigues (Rede-AP)

Suplentes
Jader Barbalho (MDB-AM)
Luis Carlos Heinze (PP-RS) – governista
Marcos do Val (Podemos-ES) – governista
Angelo Coronel (PSD-BA)
Zequinha Marinho (PSC-PA) – governista
Rogério Carvalho (PT-SE)
Alessandro Vieira (Cidadania-ES)

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios