Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesEditorialMenu Principal

Para oposição, PT perde com os dois resultados na Câmara e no Senado

dep
O deputado federal Antonio Imbassahy (PSDB-BA) | FOTO: Reprodução |

A oposição comemorou a vitória de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) para a presidência da Câmara e lamentou a reeleição de Renan Calheiros (PMDB-AL) no Senado. Mas a avaliação de parlamentares é que os dois resultados prejudicam o PT. Na Câmara, os oposicionistas afirmam que o fato de o candidato do PT, Arlindo Chinaglia (SP), ter obtido uma votação pouco expressiva indica que a presidente Dilma Rousseff terá dificuldades de reorganizar a sua base aliada. A avaliação que predominou foi a de que o governo não conseguiu impedir a chegada de um desafeto da presidente ao mais alto comando da Câmara mesmo após usar todas as armas.

“Eduardo Cunha vencer era previsível, mas o governo passou um vexame”, avaliou o deputado Antonio Imbassahy (PSDB-BA). Segundo ele, o PSDB entregou os votos que prometeu ao candidato do PSB, Júlio Delgado (MG), mas a eleição não foi para o segundo turno porque Chinaglia teve um desempenho abaixo do esperado. A expectativa dos oposicionistas agora é que Cunha, mesmo sendo do PMDB, mantenha uma posição de independência em relação ao governo e ajude a aprovar pautas que desagradem ao Palácio do Planalto, como a instalação de uma nova CPI para investigar o esquema de corrupção na Petrobras. No Senado, a oposição fez questão de creditar a vitória de Renan aos 13 senadores do PT, que decidiram por unanimidade apoiar o senador alagoano. Da Agência Estado.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios