CidadesCuriosidadesMenu PrincipalSaúde

Sesab capacita médicos e enfermeiros sobre doenças tracoma e triquíase

foto5
De acordo com a Diretoria de Vigilância Epidemiológica, as ações de controle do tracoma não são priorizadas pelos gestores municipais | FOTO: Reprodução |

Para ampliar o acesso ao diagnóstico e tratamento do tracoma e identificar casos de triquíase, doenças que afetam os olhos, em estudantes de municípios da Bahia, a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), via Programa Saúde sem Fronteiras Oftalmologia, inicia nesta quinta-feira (22), em Miguel Calmon, município do centro norte baiano, a capacitação de médicos e enfermeiros.

Serão qualificados profissionais que atuam na Atenção Básica dos municípios de abrangência de etapas do programa Saúde Sem Fronteiras – Oftalmologia. Com duração de oito horas, o curso será ministrado por meio de palestras sobre a estrutura do programa de controle do tracoma, epidemiologia e sistema de informação, anatomia, fisiopatologia, diagnóstico e tratamento.

Tracoma é uma afecção ocular crônica, recorrente e repetitiva. Segundo informações da Sesab, a enfermidade é de considerada a de maior disseminação no mundo – a estimativa é que existam 41 milhões de pessoas afetadas – pode resultar em casos de cegueira. A faixa etária mais acometida é de crianças de 1 a 10 anos que apresentam a forma ativa da enfermidade. Nas faixas etárias mais altas, a prevalência das formas ativas é baixa, entretanto predominam as formas cicatriciais.

O tracoma é geralmente descrito como doença que aparece em ambientes com precárias condições de vida, inadequadas condições de habitação, grande concentração populacional, precariedade de saneamento básico, baixo nível educacional e cultural. Outros fatores que contribuem para o problema são a presença de insetos vetores, deslocamentos populacionais e ocorrência de outras doenças oculares.

Vigilância
De acordo com a Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Divep), as ações de controle do tracoma não são priorizadas pelos gestores municipais. Além disso, fatores como a alta rotatividade dos profissionais de saúde e falta de médicos, com propriedade para diagnosticar e tratar os casos de tracoma, geram a descontinuidade das ações e estratégias.

A vigilância epidemiológica tem como principal estratégia de ação a busca ativa de casos, entre alunos da rede pública e nos domicílios, para diagnóstico precoce e tratamento imediato dos casos ativos detectados, objetivando assim interromper a cadeia de transmissão. Também são desenvolvidas ações educativas para divulgação e prevenção.

Triquíase
A triquíase é caracterizada pelo desvio do crescimento dos cílios em direção ao globo ocular. Pode ser congênito ou adquirido e a pálpebra normalmente conserva a posição normal. A consequência mais comum é a irritação permanente da conjuntiva bulbar e da córnea, podendo resultar em conjuntivite ou ceratite. Um dos sintomas mais evidentes no quadro é a sensação de areia nos olhos causada pelo atrito entre os cílios, córnea e conjuntiva.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios