Chapada: Polícia oficializa prisão do cabo da PM envolvido no assalto a banco de Jacobina

Postado em fev 12 2016 - 2:59pm por Jornal da Chapada
foto6

Lotado na 25ª Companhia Independente de Polícia Militar de Casa Nova, Galdioso Silva jogava grampos para furar pneus de viaturas | FOTOS: Divulgação/Polícia Civil da Bahia |

O cabo da Polícia Militar Galdioso Moura da Silva, de 45 anos, envolvido na explosão do cofre à agência do Banco do Brasil, na cidade de Jacobina, na madrugada da última terça-feira (9), já está custodiado no Batalhão de Choque da PM, em Lauro de Freitas. Autuado por roubo e formação de quadrilha, pelo delegado Maurício Moradillo, do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), Galdioso foi flagrado por policiais militares, momentos depois da ação, espalhando grampos de metal para furar pneus das viaturas em uma das vias de acesso à cidade.

Leia também:
Chapada: Policial preso por participar de assalto a banco em Jacobina tem nome divulgado
Chapada: Policial é preso por envolvimento em assalto ao Banco do Brasil em Jacobina

Além dos grampos usados para furar os pneus, um carregador de fuzil, 95 munições calibre 762, 38 munições para calibre 566 e um veículo Pajero, branco, placa NZY – 3198, foram apreendidos com o policial, lotado na 25ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), do município de Casa Nova. Segundo o delegado, outros assaltantes que participaram da ação, conseguiram fugir em uma Hilux, também branca. A polícia acredita que a quadrilha seja formada por 15 assaltantes. O Draco coordena as investigações e busca identificar e localizar todos os envolvidos no assalto. Com informações da Polícia Civil da Bahia.

Leia também:
Chapada: PM empreende “caçada” aos bandidos que explodiram banco em Jacobina
Chapada: Bandidos aterrorizam população de Jacobina durante assalto ao Banco do Brasil

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.