Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesEditorialMenu Principal

Deputado critica abandono dos distritos industriais e cobra anulação de taxa pelo governo

foto67
“É lamentável a situação de abandono de alguns distritos, a exemplo de Jequié, onde chama a atenção à falta de revitalização nos acessos”, diz Leur Lomanto Jr. | FOTO: Divulgação |

Integrante da Frente Parlamentar da Indústria, criada hoje, na Assembleia Legislativa da Bahia, o deputado estadual Leur Lomanto Jr. (PMDB), fez duras críticas a situação de abandono dos distritos industriais pelo governo do estado, durante a abertura. O parlamentar demonstrou indignação com a falta de políticas públicas para o setor, considerado “imprescindível” para a retomada do crescimento econômico no estado e cobrou a revogação da lei que criou a nova taxa de pagamento para os proprietários dessas áreas. O ato contou com a presença do presidente da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb), Ricardo Alban. A Frente será presidida pelo deputado Nelson Leal.

O parlamentar destacou a importância da Frente no apoio as demandas da indústria e na exigência para que o governo invista na estrutura das áreas industriais. “É lamentável a situação de abandono de alguns distritos, a exemplo de Jequié, onde chama a atenção à falta de revitalização nos acessos. Vale lembrar que somente em Jequié, a empresa Ramarim tem cinco mil empregos, o que torna indispensável um projeto de requalificação da área”, ressaltou.

Segundo ele, é preciso que o governo anule a lei aprovada no final do ano passado, que obriga o pagamento da taxa de serviços nas áreas dos distritos industriais, geridos pela SUDIC e pelo CIS. “O governador prometeu reestruturar essas áreas com a criação de um Fundo Estadual, contudo, o que vemos apenas são exigências para os proprietários, que cada vez mais têm que disponibilizar recursos para o estado sem obterem as melhorias necessárias”, criticou.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios