CidadesCuriosidadesEducaçãoMenu Principal

Bahia: Plano Estadual de Educação gera protestos na Assembleia Legislativa

alba
Duas meninas se beijaram na frente dos evangélicos em forma de protesto ao preconceito e homofobia | FOTO: Reprodução/Bocão News |

Após a sessão tumultuada na Assembleia Legislativa da Bahia que retirou do texto do Plano Estadual de Educação os termos gênero e sexualidade, na última quarta-feira (4), grupos se manifestaram contra e a favor da decisão. Duas meninas se beijaram na frente dos evangélicos em forma de protesto ao preconceito e homofobia. No momento do ato elas foram vaiadas por apoiadores dos religiosos que mantém o argumento de que “defendem a família tradicional” e foram ovacionadas pelo grupo que “defende o respeito à diversidade e a liberdade”.

Enquanto as jovens ligadas a movimentos estudantis gritavam “Eu beijo homem, beijo mulher, tenho o direito de beijar quem eu quiser”, o outro grupo entoava “Isidório, guerreiro, do povo brasileiro”. O deputado pastor Isidório (PDT) se auto-intitula ex-gay, ex-aidético e ex-drogado. Isidório afirmou que, para ele, gênero “é o sexo, o ser humano sabendo sou homem ou sou mulher”. “Sexo é relacionamento, aquilo que Deus fez, criou macho e fêmea, o homem para a mulher e a mulher para o homem”, disse. Com informações do Bocão News.

Confira vídeo de entrevista com Sargento Isidório:

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios