CidadesCuriosidadesEconomiaMenu Principal

Brasil: Igreja ligada a Eduardo Cunha é investigada na Lava Jato

cunha
O presidente da Câmara afastado, Eduardo Cunha | FOTO: Antonio Cruz/Agência Brasil |

A Operação Lava Jato, da Polícia Federal, está investigando a igreja Assembleia de Deus Ministério Madureira e seu presidente, Samuel Cássio Ferreira, por suspeita de lavagem de dinheiro para o deputado federal afastado Eduardo Cunha (PMDB).

A investigação ocorre pela denúncia de crime contra Cunha por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, aceita pelo Supremo Tribunal Federal (STF) em 2015.

De acordo com a denúncia da Procuradoria-Geral da República, o deputado teria usado a igreja para lavar a propina de US$5 milhões referente à contratação de navios sondas da Petrobras. Com informações de O Dia (Estadão Conteúdo).

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios