Bahia: Procuradoria analisa conduta de deputados e senadores baianos

Postado em nov 5 2016 - 3:54pm por Jornal da Chapada
bahia

Confira a lista de parlamentares que deve passar por investigação por ‘farra em passagens’ | FOTO: Montagem do JC |

O caso da “farra das passagens”, como ficou conhecido o suposto uso indevido das cotas de passagens aéreas oferecidas pela Câmara dos Deputados, levará a Procuradoria-Geral da República (PGR) analisar a conduta de 16 deputados e senadores baianos e de um conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). No último dia 28 de outubro, a Procuradoria Regional da República da 1ª Região denunciou 443 ex-deputados suspeitos de participação no esquema, entre eles o prefeito reeleito de Salvador, ACM Neto (DEM).

Como os congressistas possuem foro privilegiado, a Procuradoria pediu que cópias do inquérito fossem enviadas ao Supremo Tribunal Federal (STF) e ao Superior Tribunal de Justiça (STF), para que as Cortes autorizem o andamento das investigações. Os dois senadores baianos citados no inquérito são Lídice da Mata (PSB) e o senador licenciado Walter Pinheiro (sem partido), afastado do cargo por ter assumido o comando da Secretaria Estadual de Educação.

Ex-ministro das Cidades, Mário Negromonte, atual conselheiro do TCM, também foi mencionado no procedimento. Ainda nos inquéritos enviados ao STJ foram citadas outras cinco pessoas, entre governadores e conselheiros de Tribunais de Contas. Já nos processos remetidos ao STF, 213 congressistas foram mencionados. Com informações do Bahia Notícias.

Confira a lista de políticos baianos citados:
Deputados federais: Alice Portugal (PCdoB); Cláudio Cajado (DEM); Daniel Almeida (PCdoB); Félix Mendonça Junior (PDT); João Carlos Bacelar Filho (PR); José Rocha (PR); José Carlos Aleluia (DEM); José Carlos de Araújo (PR); Jutahy Magalhães (PSDB); Marcio Marinho (PRB); Nelson Pelegrino (PT); Paulo Magalhães (PSD); Roberto Britto (PP); Sérgio Brito (PSD).
Senadores: Lídice da Mata (PSB) e Walter Pinheiro (sem partido).
Conselheiro do TCM: Mário Negromonte.

Leia também:
#Brasil: Procuradoria denuncia 443 ex-deputados por uso indevido de recursos públicos

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.