Suíca diz que pesquisa mostra fragilidade de governo Temer: “Mais da metade reprova”

Postado em dez 12 2016 - 11:55am por Jornal da Chapada
suica

O vereador petista de Salvador | FOTO: Reprodução/Ascom |

O vereador de Salvador Luiz Carlos Suíca (PT) disse, nesta segunda-feira (12), que a “ruína do governo de Michel Temer (PMDB) está caindo” e que não demora “o presidente cair também”. Para Suíca, um exemplo de que o governo federal é frágil e impopular foi a pesquisa realizada pelo DataFolha, entre os dias 7 e 8 de dezembro, que mostra que 51% do povo brasileiro consideram a gestão ruim ou péssima. “Esse número só aumenta. Em julho, a rejeição era de 31%, agora quase que dobrou em 3 meses. Sem falar na queda da confiança na economia, que segue com os níveis mais baixos após o golpe contra Dilma”, frisa Suíca.

Para o edil petista, esses números refletem as propostas impopulares que o governo federal tem colocado em pauta, atropelando os trâmites sem dialogar com movimentos sociais, nem com a sociedade. “Temos que lembrar que a pesquisa foi feita antes dos novos detalhes da delação da Odebrecht, que fez mais de 40 menções a Temer. É possível que esse número cresça ainda mais. Temer está sendo detonado até por quem apoiou o golpe, como alguns meios de comunicação, e até partidos da base dele, como PSDB e DEM, que já começaram a colocar as manguinhas para fora”.

Na pesquisa do DataFolha, a população brasileira ainda disse que a percepção sobre a economia se deteriorou. 66% acreditam que a inflação vai aumentar, 19% apostam que ficará como está e 11% preveem queda. “Muito difícil avaliar uma economia voltada apenas para os mais ricos, vamos analisar as perdas de direitos e os trabalhadores continuam sendo prejudicados. PEC do Teto, PEC da Amordaça ao Judiciário e a reforma da previdência são algumas das maluquices desse governo. O que reflete diretamente na reprovação de Temer e de todos do seu governo. Sem o povo, não há negociação”, completa Suíca.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.