Pular para a barra de ferramentas
CidadesCulturaCuriosidadesMenu PrincipalPolítica

Chapada: Filarmônica de Nova Redenção é reinaugurada pela nova administração

ascom
Os projetos sociais de música foram iniciativas da prefeita, quando era secretária de Ação Social nas administrações de Ivan Soares | FOTO: Divulgação/Ascom |

A Sociedade Lira Filarmônica, fundada em Nova Redenção, na Chapada Diamantina, em 27 abril de 2012 pelo então prefeito Ivan Soares, nasceu com o propósito de cultuar, difundir e desenvolver a arte musical e formação artística dos moradores e associados. No entanto ela passou anos renegada e agora está de volta com o ato de reinauguração realizado pela prefeita Guilma Soares (PT), na última terça-feira (18), no município.

ascom4
A prefeita Guilma Soares entrega novos equipamentos aos músicos | FOTO: Divulgação/Ascom |

A reinauguração dessa importante ferramenta para a cidadania e formação de músicos é para Ivan Soares a concretização de um sonho antigo. Como todos sabem, a música corre em suas veias e sendo ele um apaixonado pela arte, sempre foi um admirador das tradicionais filarmônicas da Chapada.

A exemplo das de Lençóis, Andaraí e Morro do Chapéu, que até hoje preservam este grande patrimônio cultural. Mesmo em Nova Redenção, algumas delas já fizeram a alegria do povo, tanto em época de carnaval, quanto nas alvoradas da Festa de São Sebastião.

Segundo Ivan, a Lira Filarmônica terá um propósito maior, que é o de ser multicultural, ou seja, servir não somente à comunidade católica, mas também à comunidade evangélica, por ocasião da realização de seus eventos.

Há a intenção também de um intercâmbio com as escolas, por meio do recrutamento de alunos que possuam aptidão musical, para formarem a filarmônica. Com isso, eles poderão fazer apresentações tanto em casa, quanto em outros municípios.

foto4
Instrumentos foram entregues aos membros da filarmônica e deve incentivar novos talentos | FOTO: Divulgação/Ascom |

Levar uma filarmônica de outro município para tocar na cidade custa caro, embora a beleza delas não tenha preço. É pensando em evitar despesas que a proposta da reativação da filarmônica está sendo feita, pela prefeita Guilma Soares.

Dessa vez, a prefeitura fará da Sociedade Lira Filarmônica de Nova Redenção uma entidade independente, uma forma de impedir que os próximos gestores não paralisem esse serviço à comunidade, de acordo com o seu fundador. “A sociedade civil será o anjo da guarda da Lira Filarmônica de Nova Redenção”, conclui Ivan.

Jornal da Chapada

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios