Pular para a barra de ferramentas
AssessoriaCidadesCuriosidadesMenu Principal

Chapada: Novo secretário de Meio Ambiente diz que é preciso medidas emergenciais para recuperar o rio Utinga

foto
O secretário estadual Geraldo Reis sobrevoou a região, esteve com gestores municipais e disse que a população pode sofrer com a falta de água caso medidas a curto prazo não sejam adotadas | FOTO: Reprodução/Sema |

O rio Utinga, subsistema hidrográfico integrante da Bacia do Rio Paraguaçu, na Chapada Diamantina, é um importante curso de água para o consumo humano e produção agrícola dos municípios de Utinga, Wagner, Lajedinho e Andaraí. A bacia hidrográfica formada pelo rio abrange uma área de aproximadamente 3.000 km2, e sua água é utilizada para consumo humano da população desses municípios. Com tamanha importância para o desenvolvimento socioeconômico da região, o rio Utinga é hoje um tesouro ameaçado. Com o uso irregular de suas águas para irrigação, a seca, a poluição e o desmatamento da mata ciliar, o nível de suas águas é cada vez menor.

“A população de Lajedinho já está em alerta quanto a escassez de água, e as comunidades de Wagner e Utinga também podem vir a sofrer, caso não sejam adotadas medidas emergenciais a curto prazo e montarmos um planejamento para médio e longo prazos”, afirmou o secretário do Meio Ambiente (Sema), Geraldo Reis, que, na manhã da última terça-feira (7), sobrevoou o leito do rio, passando pelas cidades de Utinga e Wagner, onde se pôde verificar os efeitos da seca na região, a ausência de mata ciliar e o assoreamento de alguns trechos.

Leia também
Chapada: Ações para revitalizar o Rio Utinga são discutidas em reunião na Sema
Chapada: Rio Utinga tem recuperação de suas margens no Dia Nacional da Caatinga

Uma equipe do Governo do Estado, com representações da Sema, Inema e Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (SIHS) apresentou aos prefeitos da região um plano emergencial para controlar e monitorar a vazão do rio Utinga, bem como fiscalizar o uso da água, ações que devem minimizar a crise hídrica na região.

Participaram da reunião o prefeito de Utinga, Joyuson Santos, o prefeito de Wagner, Elter Bastos, o prefeito de Andaraí, João Lúcio, o Cacique Payayá, a diretora Geral do Inema, Márcia Telles, lideranças locais e associações de produtores agrícolas. “Será necessário um esforço conjunto de toda população ribeirinha, movimentos sociais, povos indígenas, produtores agrícolas e comunidade, para o uso racional das águas e ações de proteção e preservação do rio Utinga”, afirmou Reis. As informações são da Sema.

Leia também
Chapada: MST se reúne com gestores de municípios da Bacia do Rio Utinga e cobra revitalização
Chapada: MST realiza manifestação em Wagner e pede revitalização do Rio Utinga

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios