CidadesCuriosidadesEditorialMenu PrincipalPolítica

#Polêmica: Esposa do ministro Gilmar Mendes recebeu honorários por soltura de Eike Batista

foto45
O ministro do STF Gilmar Mendes e a sua esposa Guiomar Feitosa | FOTO: Montagem do JC |

Conforme publicação do site Jornal Cidade Online, a advogada Guiomar Feitosa de Albuquerque Lima Mendes, esposa do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, recebeu honorários por soltura do empresário Eike Batista. Eike estava preso preventivamente desde janeiro, quando foi deflagrada a operação Eficiência, um desdobramento da Calicute, braço da Lava Jato que investiga crimes de lavagem de dinheiro para ocultar aproximadamente US$ 100 milhões e levou à prisão do ex-governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (PMDB). O empresário é acusado de corrupção e lavagem de dinheiro.

A colunista Amanda Acosta, escreve artigo para o site onde aponta para os trabalhos de Guiomar Mendes e descreve o currículo da advogada, que é formada na Universidade de Brasília, desde julho de 1978. Segundo o texto, Guiomar já esteve em inúmeros cargos públicos, com destaque para os cargos de Secretária-Geral do Tribunal Superior do Trabalho, Diretora-Geral do Tribunal Superior Eleitoral e Secretária-Geral da Presidência do Supremo Tribunal Federal.

Leia também
#Brasil: Justiça Federal estipula fiança de R$ 52 milhões ao empresário Eike Batista

De acordo com Acosta, Guiomar trocou o serviço público pela advocacia e os altíssimos salários por ganhos muito mais vultuosos na maior banca do país, “o escritório Sergio Bermudes Advogados Associados [que atua para Eike Batista], e uma inusitada parceria com o seu marido”. No relato, a colunista diz “que o escritório, fundado no final da década de 60, atingiu o auge de seu crescimento nas décadas de 80 e 90. Hoje tem 500 funcionários, sedes no Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília e 81 advogados associados, entre eles Guiomar Mendes”.

“Um desses advogados associados, sob a condição de anonimato, garante que em todas as causas que entram no escritório, existe uma parte dos honorários que é rateada entre todos os seus membros. Diante da revelação, é certo que a advogada Guiomar Mendes, apesar de não ter o seu nome no instrumento de procuração outorgado por Eike Batista, o que é intrigante, recebeu os honorários correspondentes, o que é desmoralizante para o marido, que monocraticamente concedeu o habeas corpus”, escreve Amanda ao site Jornal Cidade Online.

Jornal da Chapada

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios