Líder da oposição fala de injustiça com o interior por governo “investir 50% dos recursos em Salvador”

Postado em mar 20 2018 - 1:41pm por Jornal da Chapada
foto

Líder da oposição, deputado Luciano Ribeiro questiona secretário da Fazenda sobre a falta de investimentos nos municípios e sobre os R$246 milhões, saldo de uma operação crédito voltado a segurança pública, mas que sua aplicação não consta no relatório das contas públicas | FOTO: Divulgação |

A concentração de investimentos pelo governo do estado, apenas na capital baiana e a ausência de mais recursos e obras nos municípios do interior do estado foi um dos questionamentos feitos pelo líder da Bancada de Oposição, na Assembleia Legislativa da Bahia, Luciano Ribeiro (DEM) ao secretário estadual da Fazenda, Manoel Vitório, durante a audiência pública sobre a explanação das contas do estado.

O deputado destacou que em 2017, o governo aplicou 51,83% dos investimentos em Salvador, o que explicaria a lacuna de ações no interior. “Há uma injustiça do governo estadual com os demais municípios. Houve um investimento de R$2,46 bilhões e mais de 50% desse total foi aplicado em Salvador, sacrificando o interior do estado”, avaliou.

Durante a audiência, realizada no Plenarinho da Casa Legislativa, o líder oposicionista também questionou a ausência de R$246 milhões que seriam injetados na segurança pública do estado. O governo aprovou uma operação de crédito com o Banco do Brasil em 2013, no valor de 1,250 bilhão, sendo R$526 milhões para a segurança pública. Contudo, de acordo com relatórios do Flipan, do valor alocado, até 2017 foram realizadas despesas no montante de R$279 milhões, havendo portanto esse saldo a realizar de R$246 milhões.

“Para onde foi esse dinheiro que seria injetado na segurança pública do estado, um setor que virou um caos na Bahia, sendo o estado campeão em homicídios no país?”, provocou. As informações são de assessoria.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.