CidadesCuriosidadesMenu PrincipalMundo

#Polêmica: Laudo descarta meningite como causa da morte de neto do ex-presidente Lula

Lula e o neto Arthur no aniversário de 70 anos do ex-presidente | FOTO: Ricardo Stuckert |

A prefeitura de Santo André, em São Paulo, informou que a causa da morte de Arthur Araújo Lula da Silva, de sete anos, neto do ex-presidente Lula, não foi meningite. O caso aconteceu no dia 1º de março deste ano. As informações são do jornal O Globo. O neto do ex-presidente Lula deu entrada no Hospital Bartira por volta de 7h da manhã com febre, náuseas e dores abdominais. O quadro evoluiu para confusão mental e a criança morreu por volta do meio-dia.

Na época, a causa atribuída pelo hospital foi meningite. “Apesar da notificação, o resultado do exame de líquor, realizado no mesmo dia pelo próprio Hospital Bartira, acusa bacterioscopia negativa”, informou a prefeitura de Santo André. Amostras de sangue foram enviadas para o Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo, e o resultado divulgado nesta segunda-feira (1º) descartou todos os tipos de meningite como causas da morte.

A prefeitura de Santo André, no entanto, não informou qual o motivo do óbito de Arthur. “Informações adicionais relacionadas ao caso dependem da autorização expressa da família da criança”, disse a prefeitura em um comunicado. Por conta da morte do neto, o ex-presidente Lula conseguiu sair da sede da Polícia Federal, em Curitiba, para participar do velório. A decisão foi tomada pela Justiça Federal do Paraná. As informações são do site da Revista Istoé.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios