CidadesCuriosidadesEditorialMenu Principal
Trending

Deputado repudia atos de violência contra mulheres ocorridos no final de semana em Salvador

De acordo com Jurailton Santos, a violência contra a mulher precisa cessar e o Estado tem um papel importante neste processo de combate.

Quatro mulheres foram assassinadas no último domingo (16), em Salvador, de acordo com o boletim diário da Secretaria de Segurança Pública (SSP). Comovido com os números alarmantes de feminicídio na capital, o deputado estadual Jurailton Santos (Republicanos) cobra do Governo Estadual maior eficiência em ações de combate e enfrentamento a estes atos covardes e violentos.

“Basta! Até quando vamos assistir nos noticiários, a morte de mulheres que são vítimas da ira e da fúria dos homens? É preciso ter investimentos em equipes, campanhas e tecnologias que visem aumentar a rede de proteção as mulheres do estado da Bahia”, protesta o parlamentar. De acordo com o republicano, a violência contra a mulher precisa cessar e o Estado tem um papel importante neste processo de combate.

“São números que nos deixam revoltados, mas devemos tratar esse tema com muita seriedade. O silêncio deve ser quebrado e esse assunto deve ser prioridade na mesa de trabalho do Gestor estadual”, cobra o deputado. Em defesa e proteção às mulheres, Jurailton Santos ressalta que tramitam na Assembleia Legislativa, dois Projetos de sua autoria, que representam um avanço na luta contra a violência.

O Projeto de Lei n° 23.088/2019 que proíbe que servidores públicos ocupem cargos de direção e de chefia – quando condenados pela Lei Maria da Penha – e também Indicação n° 23.296/2019, dirigida ao governador do Estado, Rui Costa e ao Secretário de Segurança Pública, Maurício Barbosa, solicitando a implantação de uma DEAM (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher), no município de Vera Cruz – BA. As informações são de assessoria.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
Pular para a barra de ferramentas