Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolítica
Trending

#Bahia: Mesmo com três casos confirmados de Covid-19, prefeito de Alagoinhas libera abertura de comércio, bares e restaurantes

A medida deve durar até o dia 12 de abril, quando novas determinações serão anunciadas pela prefeitura.

Indo de encontro à orientação da Organização Mundial da Saúde (OMS) e de diversos outros órgãos nacionais, o prefeito de Alagoinhas, Joaquim Neto, emitiu na última sexta-feira (3) o decreto 5.257/2020, determinando a reabertura de estabelecimentos comerciais e de serviços durante a pandemia do novo coronavírus. A cidade, por enquanto, conta com três casos confirmados da doença.  

O documento determina que a partir desta segunda-feira (6), estabelecimentos comerciais e de serviços previstos no Decreto nº 5.245/2020 retomarão as suas atividades das 8h às 14h. A medida deve durar até o dia 12 de abril, quando novas determinações serão anunciadas pelo prefeito. Os bares, restaurantes e lanchonetes poderão funcionar das 8h às 21h, até o dia 12 de abril, segundo o decreto municipal.

A medida foi deliberada em reunião do Comitê Especial do Comércio, liderado pelo prefeito Joaquim Neto, e que contou com a participação presencial dos secretários de Governo, Gustavo Carmo, de Saúde, Rosânia Rabelo, do presidente da Câmara, Roberto Torres, do presidente do CDL, Bruno Fagundes, e, por vídeoconferência, dos presidentes da ACIA, José Carlos e do SICOMERCIO, Benedito Vieira.

“Esse decreto leva em consideração a prevenção ao coronavírus e o impacto econômico na vida dos funcionários, assim como do empresariado em manter suas empresas fechadas em razão da pandemia. Nós passaremos por um processo de transição, com retomada das atividades inicialmente em horário especial, e sempre respeitando as medidas sanitárias”, disse o prefeito Joaquim Neto. As informações são do site BNews.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios