CidadesCuriosidadesMenu PrincipalMundoTop
Trending

#Bahia: Após 40 dias internado, repórter cinematográfico morre por complicações da covid-19

Cinegrafista atuava há 15 anos na TV Aratu e era bastante querido entre os colegas de trabalho.

O repórter cinematográfico, Gilmar Vasconcelos, 50 anos, morreu na noite da última quarta-feira (16) em Salvador, após complicações respiratórias em decorrência da covid-19. Gilmar foi sepultado na manhã da última quarta-feira (17) no Cemitério Bosque da Paz, na capital baiana. Ele deixa a companheira, Alerte, e cinco filhos.

O profissional fazia parte do quadro de funcionários da TV Aratu há 15 anos. Além disso, já passou por outras emissoras de Salvador. Gilmar testou positivo para covid-19 no início de fevereiro e precisou se ausentar das atividades. Posteriormente os sintomas se agravaram e ele foi internado no Hospital Santa Izabel, em Salvador, onde estava há aproximadamente 40 dias.

Nas redes sociais, profissionais da comunicação da TV Aratu e de outras emissoras lamentaram a perda do colega de profissão. A emissora, no qual o cinegrafista trabalhava, lamentou a morte.

“Das imagens captadas por Gilmar, matérias foram ao ar informando e ajudando o público baiano. As pessoas são insubstituíveis em sua existência, e quando são especiais, além da falta que fazem àqueles que as amam, deixam o mundo mais triste. Sem o nosso amigo, o mundo perde um pouco do seu brilho, alegria e cor”, cita um trecho da nota de pesar. Jornal da Chapada com informações do G1.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios