CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolíticaTop
Trending

#Polêmica: Rodrigo Maia diz que ACM Neto sairá como vice na chapa de Bolsonaro em 2022; ex-prefeito diz que é ‘fake news’

ACM Neto emitiu nota via sua assessoria de imprensa e reafirmou que único projeto para 2022 é disputar o governo da Bahia.

“Estão espalhando muitas fake news usando o meu nome, mas, quem me conhece, sabe muito bem qual é o meu projeto político para o ano que vem”, afirmou o ex-prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), ao reagir às declarações do ex-presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM), em entrevista à rádio Metrópole na manhã desta segunda (10). Maia disse que o presidente nacional do DEM poderá sair como vice na chapa encabeçada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em 2022.

Neto, no entanto, diz que o único projeto eleitoral para 2022 é disputar o governo da Bahia e negou qualquer possibilidade de concorrer a outro cargo eletivo, o que inclui a vice-presidência da República. “Todos sabem que o meu desejo é disputar o governo do estado. Ainda não me coloco como pré-candidato, pois o momento é de tratarmos do enfrentamento à pandemia, mas esse é o único projeto, conforme já disse publicamente em diversas ocasiões”, declarou ACM.

Na entrevista para a rádio Metrópole, Maia detalhou o porquê de achar que Neto pode ir para a chapa de Bolsonaro. “Acho que sim [sobre a possibilidade do DEM na vice]. Rodrigo Garcia saiu. Os grupos mais contrários a Bolsonaro estão deixando o partido, que vai ficar majoritariamente bolsonarista. Tem no governo Onyx Lorenzoni, Tereza Cristina e Ronaldo Caiado”, disse.

“Toda uma base que apoia [Bolsonaro]. O DEM hoje tem a Codevasf. Não vejo outro caminho que não apoiar Bolsonaro. E quem seria o nome que tem voto, prestígio, grande no Nordeste?”, questionou. “ACM Neto”, respondeu, logo na sequência.

Jornal da Chapada

Etiquetas

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios