Eleições 2014: TSE nega recurso a PSDB contra fala de Dilma

Postado em ago 1 2014 - 5:22pm por Jornal da Chapada
foto

Presidente Dilma Rousseff (PT) | FOTO: Agência Brasil |

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) negou nesta sexta-feira (1), representação do PSDB contra a candidata à reeleição, presidente Dilma Rousseff (PT). O partido questionava decisão monocrática da relatora, Maria Thereza Rocha de Assis Moura, que não considerou como propaganda eleitoral extemporânea pronunciamento de Dilma em cadeia de rádio e TV na celebração do Dia da Mulher. O advogado da presidente e candidata do PT argumentou que o PSDB “pinçou” de um “pronunciamento maior” pontos específicos que fazem parte de um contexto relativo ao Dia da Mulher. O PSDB questionava elementos do pronunciamento da presidente alegando que não possuíam relação com a data e insistiu no pedido de aplicação de multa.

Por quatro votos a três, o plenário do TSE negou provimento à representação do PSDB. No entendimento da relatora, seguida pelos ministros Henrique Neves, Teori Zavascki e Luciana Lóssio, o discurso não indica situação em que Dilma, como candidata, tenha se apresentado como mais apta do que os demais concorrentes ao Palácio do Planalto. O ministro Gilmar Mendes fez crítica incisiva ao entendimento do tribunal. Na avaliação dele, é notória a “técnica subliminar” adotada por publicitários nos pronunciamentos. “O que estão fazendo é um teste com a Justiça Eleitoral: o que aceitam e o que não aceitam?”, disse. Gilmar afirmou ainda que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva chegou a fazer “piada” em eleições passadas com o valor das multas aplicadas pela Justiça eleitoral. “Estou há tanto convencido de que a multa que estamos aplicando é insuficiente”, criticou Gilmar. Da Agência Estado.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.