Quartas Baianas retomam projeções em 35mm na Sala Walter da Silveira

Postado em set 9 2014 - 12:00pm por Jornal da Chapada
cinema

A iniciativa é da ABCV em parceria com a Dimas e o Funceb | FOTO: Reprodução |

Projeto que atua na promoção, resgate e valorização da produção audiovisual da Bahia, o Quartas Baianas retorna com as projeções em 35mm para oferecer às novas gerações produções clássicas da nossa filmografia em seu formato original de exibição. Neste mês, serão duas – nesta quarta-feira (10) e no próximo dia 24, às 19h, na Sala Walter da Silveira, com entrada gratuita. A iniciativa é da Associação Baiana de Cinema e Vídeo (ABCV) em parceria com a Diretoria de Audiovisual (Dimas) da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb), entidade vinculada à Secretaria de Cultura (Secult). A novidade da retomada está na incorporação de projeções audiodescritivas, com o intuito de ampliar a acessibilidade à cinematografia local, numa parceria com a Mostra Terceiro Olho.

Nesta quarta, três obras biográficas fazem a programação – ‘Calazans Neto, Mestre da Vida e da Arte’ (1987), de Agnaldo Siri Azevedo, o documentário/ensaio ‘O Alquimista do Som’ (1978), de José Walter Lima, e ‘O Bruxo Bel Borba’ (2001), de Tuna Espinheira. No dia 24, será a vez de ‘Arte de Rua’ (2004), de Kabá Gaundenzi, ‘A Bahia de Sergio Rabinovitz’ (2007), de Luciana Accioly, e o documentário ‘Hansen Bahia’ (2002), de Joel de Almeida. Mais informações estão disponíveis no site da Funceb (www.fundacaocultural.ba.gov.br).

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.