Pular para a barra de ferramentas
CidadesCulturaCuriosidadesMenu Principal

Chapada: Vale do Capão abriga encontro de blues nos dias 5 e 6 de dezembro

vale
No encontro também acontece um intercâmbio cultural entre bandas de diversas cidades da Bahia, que podem ganhar visibilidade e conquistar outros públicos | FOTO: Reprodução/Catarse |

Evento musical vai reunir artistas e bandas de blues em um dos principais pontos turísticos da Bahia e um dos lugares mais bonitos do Brasil. Trata-se da segunda edição do “Encontro de Blues na Chapada Diamantina” que acontece no Vale do Capão, no município de Palmeiras, entre os dias 5 e 6 de dezembro. Os organizadores do evento, entretanto, estão na busca de que esse projeto seja realizado e, para isso, pedem o apoio em rede colaborativa no site do Catarse.

No primeiro dia do evento, na sexta-feira (5), entre 10h e 12h, acontece a Oficina Reciclagem; entre 15h e 17h é a vez da oficina Musical “Conheço meu lugar, me conheço” e às 19h será a vez da apresentação das bandas. No segundo dia, sábado (6), a partir das 10h até às 12h, acontece a oficina Reciclagem II e em seguida rola, das 15h às 17h, a oficina musical ‘Vivendo o Blues’. Durante a noite, a partir das 19h, será o espaço das apresentações de bandas e, em seguida, às 22h, tem a Jam Session Blues ao Relento.

Vídeo promocional do evento

No encontro também acontece um intercâmbio cultural entre bandas de diversas cidades da Bahia, que podem ganhar visibilidade e conquistar outros públicos. O público da Chapada Diamantina terá a oportunidade de conhecer mais o blues, além de dançar e curtir a apresentação de artistas do cenário regional, independente do gênero. Atentos à preservação do meio ambiente, além de levar cultura e entretenimento ao Capão, o projeto também visa estimular o turismo local, gerar renda para os que sobrevivem do comércio na região e incentivar a educação ambiental, por meio de oficinas de reciclagem e história da cultura nativa.

Leia também:
Chapada: Festa da Saudade em Itaberaba faz viagem temática às décadas de 60, 70 e 80

Sobre a primeira edição
No ano de 2013, a RestGate Blues, banda anfitriã do projeto, realizou a primeira edição do Encontro de Blues no Vale do Capão, na Chapada Diamantina. O evento movimentou o Vale e incentivou o comércio e a cultura local. A banda reuniu diversos convidados ao palco, dentre eles, o pianista e maestro Stefano Cortese. A RestGate Blues é um grupo com forte influência de artistas do Mississipi Blues e Chicago Blues, passando por Robert Johnson, Muddy Waters, Eric Clapton, Buddy Guy, Albert Kng, além da guitarra Texas Blues do Stevie Ray Vaughan. Tem ‘raiz’ no bairro do Resgate em Salvador/BA, lugar tranquilo que inspirou o trocadilho que dá nome a banda: Rest Gate – “Portão do descanso” (tradução).

capão
No ano de 2013, a RestGate Blues, banda anfitriã do projeto, realizou a primeira edição do Encontro de Blues no Vale do Capão, na Chapada Diamantina | FOTO: Reprodução/Catarse |

A banda se consolidou com formação de banda elétrica no Vale do Capão, na Chapada Diamantina, no ano de 2009, quando se apresentou pela primeira vez com tal formação, e, desde então, segue levando seu blues a diversos lugares e públicos, apresentando clássicos do gênero e também músicas autorais que falam de amor e reflexões sobre a vida e o cotidiano. Atualmente, em Salvador, a banda se encontra em estúdio gravando seu primeiro single: ‘Vivendo Blues’, preparando um EP homônimo que trará outras cinco composições autorais e na produção do II Encontro de Blues da Chapada Diamantina.

Jornal da Chapada com informações do site Catarse

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios