Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesEducaçãoMenu Principal

Deputado cobra reajuste para professores com base na lei

severiano
Severiano Alves ressalta a falta de atenção para a educação | FOTO: Reprodução |

Autor da emenda que criou o piso salarial dos professores, Severiano Alves (PDT), se manifestou sobre o reajuste de 13,01% do piso nacional de professores e disse tratar de uma atualização compulsória prevista pela lei. “A lei 11.738, que trata do piso salarial dos professores, estabelece no artigo 5º que todo ano o piso será corrigido no mesmo percentual do per capita do Fundeb. Portanto, não se trata de um aumento e sim de uma atualização determinada por lei”, afirmou.

O piso salarial é a menor remuneração para uma formação de nível médio, sendo que nenhum ente federativo pode pagar ao professor ou a qualquer profissional de educação de suporte pedagógico um valor menor. Contudo, Severiano Alves ainda ressalta a falta de atenção para a educação e o descumprimento das vantagens do cargo do professor.

“Mesmo sendo um valor baixo para a importância do professor, me entristece saber que muitos municípios não pagam se quer o valor básico e as vantagens do cargo. Vamos torcer para que os municípios respeitem as leis e entendam que a educação é uma política pública essencial e está acima de qualquer vontade pessoal do gestor público”, afirmou.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios