Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesEconomiaMenu Principal

Chapada: Ponte danificada em Andaraí obriga veículos pesados a trafegarem dentro da cidade histórica

ponte
Um dos blocos da ponte cedeu e com a interdição do trecho, a centenária cidade sofre com os veículos pesados cruzando as ruas de pedras | FOTO: Divulgação |

De acordo com informações enviadas ao Jornal da Chapada, um dos blocos de sustentação dos pilares da ponte da BA-142, na altura do município de Andaraí, na Chapada Diamantina, desabou, no último sábado (21). Com a infraestrutura abalada, o trecho foi interditado devido ao risco eminente de acidentes. Segundo os dados apresentados, a situação aconteceu devido à decorrência das últimas chuvas, e as encostas que já vinham sofrendo com a erosão não aguentaram o volume de água e acabaram desabando, surgindo uma enorme cratera que fez ceder até um pedaço do asfalto. “O trecho interditado é a principal rota de escoamento do pólo de produção agrícola dos municípios de Ibicoara e Mucugê, onde estão instaladas inúmeras fazendas, dentre elas a Bagisa S.A, a Progresso e a Igarashi. Todos os dias passam pela via dezenas de caminhões carregados de batata, cebolas, repolho e outros gêneros”, informa texto distribuído para a imprensa.

foto2
A Secretaria de Infraestrutura do município informa que já tinha avisado ao extinto Derba do risco eminente de desabamento da ponte | FOTO: Divulgação |

Enquanto não conserta a encosta, o tráfego está sendo desviado para dentro da cidade, o que pode gerar problemas, já que esta pista foi construída justamente para desviar o fluxo de veículos pesados da centenária Andaraí. “A simples passagem de caminhões carregados prejudica enormemente a infraestrutura local, abalando os antigos casarões do centro histórico, os calçamentos e a rede de esgoto”. No texto enviado ao Jornal da Chapada, a Secretaria de Infraestrutura do município informa que já havia acionado o extinto Departamento de Infraestrutura de Transportes da Bahia (Derba) do risco eminente de desabamento, agora direcionou o pleito ao setor de transporte da Secretária de Infraestrutura do Estado.

“Diante da reposta que a resolução deste problema só ocorrerá em 90 dias, o prefeito de Andaraí, Wilson Cardoso viajou para Salvador onde se encontrará com o diretor-superintendente da Superintendência de Infraestrutura de Transportes do Estado, Saulo Pontes e com o secretário da pasta, Marcos Vinícius Cavalcante”, informa o texto. Ainda conforme as informações, devido a um decreto municipal, que proíbe o tráfego de veículos pesados na cidade, os caminhões que utilizam a via interditada deverão fazer seu deslocamento pelo trecho Itaetê/Boninal.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios