CidadesCuriosidadesEsportesMenu Principal

Chapada: Na corrida para os Jogos Olímpicos Rio 2016, o Brasil Ride vive seu dia olímpico

foto
Em função das semelhanças do formato da competição, a terceira etapa do Brasil Ride é um excelente termômetro para medir como estão os ciclistas brasileiros que disputarão os Jogos Olímpicos | FOTO: Reprodução/Brasil Ride |

O Brasil Ride vive, nesta terça-feira (20), seu dia cross country olímpico, na 3ª etapa da competição, com um percurso de 34,5 km em Rio de Contas. Após 147 km do dia anterior entre as cidades de Mucugê e Rio de Contas, na Chapada Diamantina, os 500 bikers que disputam a principal ultramaratona de MTB das Américas terão pela frente quatro voltas em um circuito de 7,7km.

O desafio será especial para o seleto grupo de bikers que está na corrida para a Rio 2016. Em função das semelhanças do formato da competição, será um excelente termômetro para medir como estão os principais atletas do Brasil a menos de um ano dos jogos. Henrique Avancini, Ricardo Pscheidt, Frederico Mariano, Sherman Trezza, Raiza Goulão, Isabella Lacerda e Erika Gramisceli estão em busca dos 120 pontos nos rankings mundiais da União Ciclística Internacional (UCI), fundamentais na definição de quem representará o país nos Jogos Olímpicos do Rio 2016.

Leia também:
Turismo na Chapada Diamantina esquenta com semana de prova de mountain bike

Vídeo 1

3ª etapa: cross country olímpico
Mesmo sendo disputada em duplas em todas as sete etapas, o cross country é a única em que os atletas podem correr separados, com os vencedores sendo definidos pela média dos tempos dos dois bikers. Esse fato permite que cada um imprima seu ritmo, o que apimenta a disputa entre os olímpicos brasileiros.

Os bikers que disputam o cross country, nesta terça, encontraram mudanças no horário de largada e na estrutura em Rio de Contas. Em função do desgaste da segunda etapa, a largada começou às 10h (11h de Brasília), para os 60 melhores colocados do dia anterior, e 1h30 depois os demais começaram a pedalar.

Seis caminhões carregados com cerca de 30 toneladas de equipamentos, foram responsáveis pela nova estrutura em Rio de Contas. Materiais como cronometragem, bagagem dos atletas, posto médico, dentre outros foram transferidos de Mucugê. Jornal da Chapada com informações do Brasil Ride.

Vídeo 2

Confira aqui os resultados atualizados:
Open – Classificação geral – após duas etapas
1- Daniel Geismayr(AUT)/ Hermann Pernsteneir (AUT) – 6h23min48
2- Hugo Prado Neto (BRA)/Lukas Kaufmann (SUI) – a 12min49
3- Hans Becking (BEL) /Jiri Novak (TCH) – a 18min22

Ladies – Classificação geral – após duas etapas
1-Raiza Goulão e Vivi Favery – 9h17min23
2-Annabella Stropparo / Elena Gaddoni – a 42min44
3-Isabella Lacerda / Nina Baum (EUA) – a 1h51min42

Próximas etapas do Brasil Ride 2015
4ª Etapa: 21 de outubro – 8h
84,7 km em Rio de Contas
Detalhe: 2.156m acumulados de ascensão

5ª Etapa: 22 de outubro – 7h
94,7 km em Rio de Contas
Detalhe: 1.881m acumulados de ascensão

6ª Etapa: 23 de outubro – 6h
143,4 km entre Rio de Contas e Mucugê
Detalhe: 2.854m acumulados de ascensão

7ª Etapa: 24 de outubro – 9h
72,1 km em Mucugê
Detalhe: prova final definindo-se os campeões

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios