Chuva contribui para combate ao fogo na Chapada Diamantina

Postado em jan 5 2016 - 2:55pm por Jornal da Chapada
foto5

A região da Chapada sofre com mais de 70 dias com queimadas intensas | FOTO: Cocão-Kaya-Dutra/Facebook |

Ela foi muito esperada durante o fim do ano passado, tardou, mas agora a chuva deu o alívio que os moradores, visitantes e amantes da natureza tanto desejaram para a Chapada Diamantina, que há mais de 70 dias sofreu com queimadas intensas. A notícia que havia era a extinção dos focos, quando no último sábado (2) foram identificados os incêndios em Palmeiras, Mucugê, Lençóis e Ibicoara.

Desde o domingo (3) as chuvas chegaram à região, ajudando no combate ao fogo, mas ainda de forma tímida. Já nesta segunda-feira (4) praticamente todas as cidades afetadas, principalmente as citadas, estiverem debaixo de chuva. A Secretaria do Meio Ambiente (Sema) estaria se preparando para realizar voo de monitoramento nesta terça-feira (5) para avaliar a extensão dos focos com a chegada das chuvas.

fot5o

Na Chapada Diamantina é a umidade vinda da região Amazônica que deve intensificar as chuvas | FOTO: Divulgação/Prefeitura de Lençóis |

Leia também:
Chuvas são registradas em cidades da Chapada Diamantina e incêndios devem perder força

Mais brigadistas chegam à Chapada Diamantina para ampliar combate; chuvas são registradas nesta segunda

Fogo na Chapada: Novos alertas para focos de incêndio em Ibicoara, Mucugê, Lençóis e Palmeiras

Incêndios são controlados e todas as trilhas do Parque Nacional da Chapada Diamantina estão liberadas

Vídeo: Músico baiano homenageia a Chapada Diamantina em canção; confira aqui

O clima seco e de muito vento sempre foi um argumento muito utilizado para explicar o descontrole dos incêndios que “brotaram” em vários pontos da Chapada Diamantina, desmatando e assassinando animais de toda espécie. Agora, com a chegada da chuva e a espera por mais, afinal as previsões para imensa parte da Bahia são de chuva pelo menos até o fim desta semana, a expectativa é do fim desse ciclo de cinzas na região.

Em municípios como Jacobina e Mairi já sofrem problemas por conta das chuvas. Raios, árvores sendo arrancadas pelo vento e destruindo carros, esses são os efeitos da virada no clima da Bahia.

Jornal da Chapada

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

3 Comentários Sinta-se livre para participar desta conversa.

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.