Chapada: Música eletrônica e outras artes são os atrativos do Ressonar Festival em Lençóis

Postado em jan 11 2016 - 1:39pm por Jornal da Chapada
foto5

O local do evento será o mesmo de outros anos, a Cratera Lunar | FOTO: Reprodução/Rodrigo Favera |

Entre 19 e 24 de janeiro Lençóis irá receber mais uma vez o evento de música eletrônica e arte, Ressonar Festival. O local do evento será o mesmo de outros anos, a Cratera Lunar, espaço onde ficava o maior garimpo da região no caminho da Praia do Zaidã, arredores da cidade. O festival, que sempre acontece na lua cheia de janeiro, foi criado por artistas, ambientalistas e realizadores em uma celebração à arte.

O ingresso para todos os dias do festival custa R$460 e pode ser comprado através do site do evento. Quem quiser pode ficar acampado no local do festival, no entanto os espaços para acampamento são limitados. Após chegar à lotação máxima serão indicados outros locais para estadia. O Ressonar contará também com um local para guardar pertences de maior valor, chamado Casa Segura.

O Ressonar é um festival realizado sem patrocínio e banners de cerveja, além de contar com atrações de várias partes do mundo. E a ideia dos organizadores é fazer uma festa limpa e sustentável. Por exemplo, os utensílios para alimentação são reutilizáveis, os resíduos dos banheiros secos serão utilizados em composteiras, serão vendidos produtos naturais de higiene para que se evite o uso de produtos não ecológicos.

foto5

Lençóis vai parar entre 19 e 24 de janeiro | FOTO: Reprodução/Facebook Ressonar |

Espaços
A festa tem em suas instalações quatro espaços diferentes. São eles o Budha Hall um espaço para relaxar, onde diversos artistas de diferentes estilos se apresentarão, com a proposta da diversidade musical alegre e dançante, mas também com aquele clima agradável e relax, por vezes até meditativo.

Existe também o Trance Temple, pista especialmente dedicada ao universo da cultura trance, o Groove Station, primeiro espaço voltado a música eletrônica do Ressonar, com um cardápio eletrônico variado será possível ouvir techno, minimal, house, dub, glitch-hop, psytrance, mash ups, servidos por Djs de todo o mundo. O espaço oferece além de qualidade e variedade musical, projeções e instalações visuais de vanguarda.

O último espaço é chamado Orbital e abrigará performances, oficinas e também acolherá o projeto Ressonar Music Lab. Ao seu lado se encontra o bosque do festival, espaço para relaxar, repor as energias e curtir a melhor sombra da cratera.

Jornal da Chapada

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.