Cultura: Artista oferece oficinas gratuitas de bonecos em Salvador

Postado em mar 1 2016 - 5:36pm por Jornal da Chapada
foto6

As oficinas de criação são gratuitas e são realizadas sempre das 14h às 18h, no auditório do Forte do Santo Antônio | FOTO: Divulgação/Bruno Tetto |

Desde a última segunda-feira (29) até o próximo dia 11 de março, acontece no Forte de Santo Antônio, no Centro Histórico de Salvador, a Oficina de Bonecos “Lugar de Gigantes” sob coordenação de Alessandra Flores. Mestre em artes cênicas pela Universidade Federal da Bahia, formada em teatro pela École Philippe Gaulier, de Londres, Alessandra se especializou na construção de bonecos gigantes no Kosovo, Bósnia, Croácia e Índia. O projeto continua até início de maio em outros bairros de Salvador e até em cidades do interior.

As oficinas de criação são gratuitas e são realizadas sempre das 14h às 18h, no auditório do Forte do Santo Antônio. De acordo com Alessandra, que é a proponente-coordenadora da iniciativa, o objetivo do projeto supera a criação de bonecos. “Encontro entre alunos, troca de informações, história das pessoas e locais, aumentam a sensação de pertencimento e ampliam o objetivo”, diz Alessandra. Nas oficinas, os bonecos serão construídos inspirados em histórias locais, personagens dos bairros, acontecimentos curiosos, antigas lendas urbanas e místicas.

Encontro de Gigantes
Ao todo serão quatro meses de trabalho. Quem quiser conhecer a iniciativa poderá ver o final de uma das etapas, um cortejo de bonecos no bairro de Santo Antônio, no dia 12, às 16h, saindo do forte. Para os que desejam participar, ainda podem se inscrever nas oficinas do bairro de Alagados, que acontecem de 28 de março a 14 de abril, das 9h às 12h no Espaço Cultural dos Alagados. No dia 15 acontece o cortejo de bonecos nos Alagados. E no dia 17, às 10h, o “Encontro de Gigantes”, reunindo todos os bonecos, no Dique do Tororó.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.