Chapada: Professores em greve ocupam a prefeitura do município de Baixa Grande

Postado em mar 8 2016 - 4:29pm por Jornal da Chapada
foto6

Os professores falaram que só sairão da prefeitura com ordem judicial ou quando as reivindicações forem cumpridas | FOTO: Reprodução/Agmar Rios |

Após a determinação que o início da greve dos professores municipais de Baixa Grande, na Chapada Diamantina, se daria na segunda-feira (7), os profissionais da educação ocuparam a prefeitura para se manifestar. A greve teve início por conta de vantagens retiradas pela administração municipal, segundo os professores. Representantes chegaram a conversar com o prefeito Pedro Lima Neto (PT), mas os ânimos se acirraram após um professor questionar a não contratação de mais professores e não houve nenhum tipo de acordo.

Durante a noite, o delegado da Polícia Civil, Almir Góes, foi ao local para assegurar que não houvesse danos ao patrimônio público e, por volta das 20h, guarnições da Polícia Militar de Ipirá se dirigiram ao local. Segundo informações do Blog Agmar Rios, os professores falaram que só sairão da prefeitura com ordem judicial ou quando as reivindicações forem cumpridas.

Em nota, o prefeito Pedro Lima ressaltou que durante o seu governo, a categoria teve o maior ganho salarial, de mais de 50%, incluindo reajuste salarial e vantagens decorrentes da graduação, enquanto os servidores das outras áreas da administração têm tido apenas reajustes de correção inflacionária.

“Nesse contexto, não podemos aceitar que o movimento grevista dos professores, assuma caráter de abusividade e ilegalidade, com professores invadindo a prefeitura e obstruindo a entrada e o trabalho, além de proferirem palavras de baixo calão e ofensas a honra da minha pessoa”, diz o prefeito. Jornal da Chapada com informações do Blog Agmar Rios.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.