CidadesCuriosidadesEsportesMenu Principal

Brasil: Chapada dos Veadeiros oferecerá roteiro de canionismo

icmbio
O esporte pode ser praticado no rio Preto, que corta o parque, no trecho entre os atrativos Corredeiras e Salto 80, passando pelo Carrossel | FOTO: Reprodução/ICMBio |

Descer cânions pelo curso da água, utilizando técnicas e equipamentos de rapel, salto, tirolesa e natação, em meio a cachoeiras, corredeiras e poços, é uma emoção e tanto. Pois bem, os amantes do canionismo no Brasil têm agora um novo roteiro cheio de aventuras: o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, em Goiás.

O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), que administra a unidade de conservação, acaba de publicar portaria, no Diário Oficial da União (DOU), autorizando a prática desse esporte no interior do parque, que fica em Alto Paraíso, no noroeste de Goiás, a pouco mais de 200 quilômetros de Brasília.

O esporte pode ser praticado no rio Preto, que corta o parque, no trecho entre os atrativos Corredeiras e Salto 80, passando pelo Carrossel. A portaria estabelece as normas e os procedimentos para o cadastramento e a autorização para o exercício da atividade no interior do parque nacional.

Cadastramento
Para desenvolver a atividade, as operadoras devem se cadastrar junto ao Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros. Elas terão que cumprir requisitos, como trabalhar com canionismo no mínimo há três anos, ter equipe técnica com experiência mínima de três anos e ser cadastrada no Ministério do Turismo, além de possuir sistema de segurança especifico para operar em Veadeiros.

Inicialmente, o canionismo poderá ser praticado exclusivamente às segundas-feiras, nos meses de seca na região da Chapada dos Veadeiros (normalmente, de maio a setembro). O período de chuvas traz perigos como trombas d´água. O monitoramento dos impactos ambientais e sociais será feito pelos gestores do parque em conjunto com as operadoras.

“Agora estamos na expectativa de o nível do rio Preto baixar o suficiente para permitir as grampeações das ancoragens, trabalho que será feito, gratuitamente, pela operadora Travessia Ecoturismo, de Alto Paraíso de Goiás”, disse o analista ambiental e coordenador de uso público e negócios do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, Luís Henrique Neves. As informações são da Ascom do ICMBio.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios