Chapada: Professores de Iramaia prometem manifestação nesta sexta contra atrasos salariais

Postado em dez 21 2016 - 12:32pm por Jornal da Chapada
foto

Professores cobram pagamento do décimo terceiro | FOTO: Divulgação |

Os professores da rede municipal de ensino em Iramaia, na Chapada Diamantina, prometem ir paras as ruas, nesta sexta-feira (23), cobrar o pagamento do 13º salário. De acordo com informações obtidas pelo Jornal da Chapada, o descaso no final da gestão do atual prefeito tem deixado as pessoas preocupadas. “Estamos com toda classe reunida para uma manifestação pacífica em busca de nossos direitos”, aponta um dos educadores.

A coordenação do Sindicato dos Trabalhadores da Educação do Estado da Bahia (APLB) publicou uma nota de repúdio à situação do não pagamento do 13º para os professores da rede municipal, um direito constitucional conforme o descrito pelo órgão sindical. Em nota, o sindicato diz que “é um absurdo que o governo municipal deixe de honrar com este direito constitucional, pois os profissionais da educação têm vários compromissos a serem quitados com essa remuneração”.

Jornal da Chapada

Confira a nota oficial na íntegra:
“A APLB Sindicato, núcleo de Iramaia, vem a público repudiar o não pagamento do 13° salário a todos os professores e funcionários da educação municipal de Iramaia. A infeliz notícia surpreendeu ao sindicato e aos seus filiados já que no dia 12 de dezembro o governo municipal foi oficializado e até a data limite 20 de dezembro não obtivemos resposta.

É um absurdo que o governo municipal deixe de honrar com este direito constitucional, pois os profissionais da educação têm vários compromissos a serem quitados com essa remuneração. A situação é de total desrespeito, pois além de não ter cumprido com uma obrigação constitucional, este governo inoperante, sequer emite uma explicação esclarecendo sobre o porquê da ausência do pagamento.

Em época de crise, o que conseguimos vislumbrar nesta atual gestão é de que não soube fazer o dever de casa, demonstrando a inoperância na gestão de dinheiro público. Inoperância esta que se reflete na assistência oferecida à população, pois estamos vivenciando momentos de crise na saúde, educação e demais setores públicos que sofrem com a falta de materiais adequados, carros sucateados e outros tantos recursos necessários para o exercício profissional dos servidores municipais.

Por fim, o núcleo sindical de Iramaia informa que estamos tomando todas as medidas necessárias para que todos os profissionais da educação recebam o seu décimo terceiro salário, pagamento de dezembro e terço de férias.”

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.