Pular para a barra de ferramentas
CidadesCuriosidadesMenu PrincipalSaúde

Previsão de dias quentes e chuvas fracas no centro-sul da Chapada Diamantina

fo5o
Devido à atuação da massa de ar quente e seco, a previsão para os dias na Chapada é de céu parcialmente nublado a claro na maior parte do período | FOTO: Jornal da Chapada |

Nos próximos dias, as temperaturas seguirão elevadas em todo o Estado e com chuvas em algumas regiões, típico dessa mudança de estação. Na faixa centro-sul e oeste da Bahia, essas chuvas serão causadas pelo calor somado a umidade vinda da Amazônia (no Oeste e São Francisco) e do Oceano Atlântico (Sudoeste e Sul). Além disso, a frente fria, mesmo se deslocando para o Oceano, ainda poderá intensificar as chuvas, sobretudo no sul baiano. Para as demais áreas do Estado, que inclui o Norte, Chapada Diamantina, Nordeste e Recôncavo, devido à atuação da massa de ar quente e seco, a previsão é de céu parcialmente nublado a claro na maior parte do período. Porém, no Recôncavo baiano e centro-sul da Chapada Diamantina, há previsão de chuvas fracas e passageiras, ainda típicas do verão.

As temperaturas se manterão elevadas em todas as regiões, com maiores índices previstos para o centro-norte e oeste do Estado, onde as máximas deverão variar de 34°C a 37°C. Por outro lado, temperaturas mais amenas são esperadas para as áreas serranas da Chapada Diamantina e Sudoeste, onde as mínimas podem chegar aos 16°C. Na cidade de Salvador e região metropolitana, onde as temperaturas continuam estáveis, oscilando entre mínimas de 22°C e máximas de 32°C, a previsão é de céu parcialmente nublado com chances de chuvas fracas e de curta duração.

O início do outono se mantém com característica de verão, com altas temperaturas, chuvas mais intensas e aumento da incidência de radiação solar e, consequentemente, dos Índices de Radiação Ultravioleta (IUV’s). Tal situação pode ser vista na previsão para a quarta (22) e quinta-feira (23) quando estes deverão variar de 11 a 12 em todo o Estado. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), estes IUV’s fazem parte da categoria de intensidade “Extrema”, o que requer cuidados quanto à exposição prolongada à radiação solar, principalmente, nos horários das 10 às 16 horas, quando há maior incidência dessa radiação. As informações são do Inema.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios