AssessoriaCidadesCuriosidadesMenu Principal

Massa de ar quente perde força na Chapada Diamantina e chance de chuva aumenta

chuva
Com a aproximação do inverno, as temperaturas tendem a ficar mais amenas, a exemplo das mínimas de até 15°C previstas para a Chapada Diamantina e Sudoeste | FOTO: Reprodução |

Nos próximos dias não são esperadas mudanças nas condições do tempo na maior parte do Estado, principalmente no Oeste, São Francisco e Norte, onde é a massa de ar quente e seco que ainda prevalece, mantendo a nebulosidade reduzida. Além disso, a permanência dessa massa de ar também continua influenciando nas temperaturas, uma vez que essa condição favorece a elevação das mesmas, chegando à máxima de 37°C em algumas localidades dessas regiões. Por outro lado, no restante da Bahia, a tendência é de que a massa de ar comece a perder força, favorecendo a ocorrência de chuvas em algumas localidades. No entanto, nessa terça-feira, essa mudança será mais evidente no Sul e parte do Sudoeste baiano, quando uma frente fria que está se deslocando pelo Oceano Atlântico deixará o céu nublado a parcialmente nublado com chuvas frequentes ao longo do período.

Já no Recôncavo, Nordeste e Chapada Diamantina, com essa massa de ar enfraquecendo, os ventos úmidos vindos do Oceano Atlântico manterão o céu parcialmente nublado com possibilidade de chuvas fracas. No entanto, são nas localidades mais próximas ao litoral onde as chances de ocorrência dessas chuvas serão maiores. Com a aproximação do inverno, as temperaturas tendem a ficar mais amenas nessas regiões, a exemplo das mínimas de até 15°C previstas para a Chapada Diamantina e Sudoeste. Já as máximas deverão oscilar entre 29°C (Sudoeste e Sul) e 33°C (Nordeste). Para a cidade de Salvador e região metropolitana, a umidade vinda do Oceano deverá manter o céu parcialmente nublado, com possibilidade de chuvas fracas.

As temperaturas na capital baiana continuam estáveis, com valores oscilando entre mínimas de 22°C e máximas de 32°C. Na segunda metade do outono as características da estação se assemelham as características do inverno, ou seja, com temperaturas mais amenas e chuvas de fraca intensidade, mas de longa duração. Também nesse período, há uma redução na incidência de radiação solar e, consequentemente, dos Índices de Radiação Ultravioleta (IUV’s). Ainda assim, estes índices continuam elevados, a exemplo dos que estão previstos para os dias 16 (terça-feira) e 17 (quarta-feira), quando deverão variar de 8 a 10 em todo o Estado. As informações são do Inema.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios