CidadesCuriosidadesEducaçãoMenu Principal

Instituto Chapada realiza encontro de prefeitos para debater soluções para a educação

icep
O Icep pretende discutir propostas e soluções sistêmicas para os cenários da educação pública no Brasil | FOTO: Manu Cavadas |

Prefeitos dos municípios parceiros do Instituto Chapada de Educação e Pesquisa (Icep), que contempla os territórios da Chapada Diamantina, Agreste Litoral, Pratigi (Baixo Sul) e Região Metropolitana de Salvador, participarão na próxima sexta-feira (26) do ‘I Encontro de Prefeitos’. O evento acontece das 13h30 às 18h, no Teatro Módulo, na capital baiana. Com o tema ‘Educação: a Bahia tem Respostas’, o Icep pretende discutir propostas e soluções sistêmicas para os cenários da educação pública no Brasil, ao modo do que vem realizando há 20 anos no estado.

Uma proposta de atuação que conquistou nos últimos anos os maiores resultados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) da Bahia. O debate estará ancorado na tecnologia social do instituto, intitulada “Territórios Colaborativos pela Educação” e pretende fortalecer os arranjos territoriais entre os municípios participantes. Para Cybele Amado, diretora presidente do Icep, acreditar no potencial da colaboração territorial é um primeiro e importante passo para estabelecer um novo paradigma de desenvolvimento local.

“A partir daí se estabelece a metodologia de formação, produção de conhecimento e mobilização social que o Icep aplica e só o apoio da gestão pública gera as condições necessárias para que os atores educacionais, incluindo a comunidade, compreendam que a educação é responsabilidade de todos e trabalhem juntos pela transformação”, afirmou Amado. A observação dos resultados mais recentes do Ideb, publicados em setembro de 2016, ressalta a eficiência do trabalho desenvolvido pelo ICEP para a elevação do nível da qualidade do ensino medido por esse indicador.

Todos os 29 municípios em que o Instituto atuava até então tiveram crescimento da nota entre 2013 e 2015 e 27 deles superaram a meta. Alguns municípios tiveram crescimento surpreendente, como Ibitiara (BA), que saltou de 4,0 em 2013 para 6,5 em 2015 – a nota mais alta de uma rede municipal em toda na Bahia e que já supera a meta estabelecida pelo MEC para 2021, de 6,1.

O evento conta com apoio do Instituto Natura e inclui uma conferência com o consultor e especialista em Gestão Pública, Sinoel Batista, prefeito de Penápolis-SP entre 1989 e 1992, matemático e mestre em relações internacionais pela USP. Representantes da UNDIME e da UPB também foram convidados para o evento. Jornal da Chapada com informações de assessoria.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios