Chapada: Cumprimento de mandado resulta em apreensão de armas e prisões em Piatã

Postado em ago 18 2017 - 11:05am por Jornal da Chapada
foto

Ao todo foram apreendidas oito espingardas e diversas munições | FOTO: Divulgação/PC |

Policiais civis de Piatã flagraram, na zona rural do município localizado na Chapada Diamantina, um grupo de cinco pessoas que portava espingardas e munições, no último domingo (13). Segundo o relato do delegado Paulo Henrique, a situação foi filmada e fotografada durante investigação, o que permitiu a identificação de dois suspeitos. Já na terça-feira (15) foi representada a busca e apreensão das armas dos suspeitos identificados, e em novas residências indicadas por eles. O pedido foi deferido pelo juiz da Comarca de Piatã, na última quinta-feira (17), quando foi cumprido o mandado pela polícia civil. As buscas foram feitas nas residências de Manoel Novais Araújo, o ‘Nelinho Pela Osso’, Romilton Miranda Souza, André Luiz Rodrigues Souza, Rick Charlins Pedrosa da Silva, conhecido por ‘Charles’, e de Martiniano José da Silva.

Ao todo foram apreendidas oito espingardas, nove cartuchos, munições calibre 32 intactas, 22 cartuchos calibre 32 carregados, uma munição calibre 38 intacta, 39 cartuchos calibre 32 descarregados, 21 cartuchos de metal calibre 32 carregados, 22 cartuchos de metal descarregados, três quilos de chumbo, 300 gramas de pólvora, 170 gramas de balote. Também foram apreendidos um cinto porta cartuchos, 154 espoletas para espingarda, 97 espoletas para cartuchos, sete espoletas CBC, dois calibradores de cartucho, oito apitos imitadores de pássaros, cinco suportes para carregar cartuchos, cinco socadores para cartucho, um pacote de estopa, dois montadores de cartuchos e três chifres de veado.

Os conduzidos André, Manoel, Martiniano e Rick foram presos em flagrante delito por posse irregular de arma de fogo de uso permitido, cuja pena máxima é até três anos de prisão. Eles pagaram fiança e foram liberados pelo delegado. Segundo a polícia, aqueles que estavam portando arma de fogo no domingo (13), entre eles, os três dos presos em flagrante e mais Romilton, ainda responderão pelo crime de porte ilegal de arma de fogo, cuja pena máxima é até quatro anos de prisão. Jornal da Chapada com informações da Polícia Civil.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.