#Bahia: Mortandade de peixes em lagoa no município de Xique-Xique preocupa moradores

Postado em ago 29 2017 - 11:58am por Jornal da Chapada
peixes

De acordo com o secretário do Meio Ambiente, Roberto Rivelino, as mortes têm sido causadas pelo baixo volume da água, que só chega a 10 centímetros de profundidade | FOTO: Reprodução/Ascom |

Os moradores de Xique-Xique, no Vale do Rio São Francisco, se espantaram nos últimos dias após a morte de milhares de peixes na lagoa Itaparica, que fica na zona rural do município, por conta da estiagem. Um registro feito pela Secretaria do Meio Ambiente da cidade no último sábado (26) mostra o cenário da lagoa. Há cinco meses não chove na cidade e a lagoa, que é a maior do município, está quase seca. De acordo com o secretário do Meio Ambiente, Roberto Rivelino, as mortes têm sido causadas pelo baixo volume da água, que só chega a 10 centímetros de profundidade.

O que sobrou da água pode secar em 15 dias, conforme avaliação da secretaria. Cerca de 10 mil peixes foram retirados vivos da lagoa por entidades ambientais do local e foram levados para o Rio São Francisco. A secretaria alerta à população de que os peixes que ficaram no local não devem ser consumidos, por conta do risco de contaminação de porcos e cavalos que estavam perto da lagoa.

Seca na Bahia
Das 417 cidades baianas, 184 decretaram estado de emergência em decorrência da estiagem. Outras cinco também assumiram o decreto por conta da seca. No total, esse número significa que cerca de 45% dos municípios do Estado estão autorizados a suspender e alterar programas e atividades do Executivo, a fim de ajustar os recursos ao cenário de crise – problema que atinge ao todo 3.845.540 habitantes. Os dados são da Superintendência de Proteção e Defesa Civil (Sudec).

A maioria dos decretos de situação de emergência já foi reconhecida pelo governo federal, mas algumas cidades estão sob análise e não aparecem na lista de Reconhecimentos Vigentes do Ministério da Integração. De acordo com a lista da Defesa Civil da Bahia, novos decretos foram publicados para esses municípios em agosto e aguardam nova análise da União. Jornal da Chapada com informações do G1BA e Bahia Notícias.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.