CidadesCuriosidadesMenu PrincipalPolítica

Chapada: Professora de Itaberaba questiona sobre pagamento de URV e governo responde; veja vídeo

urv
O governador se comprometeu em debate televisivo a pagar as URV’s durante a campanha de 2014, mas a decisão, segundo informações, cabe ao STF | FOTO: Ilustração/Iracema Chequer/A Tarde |

Uma professora da rede estadual de ensino em Itaberaba, município da Chapada Diamantina, foi até as redes sociais para perguntar ao governador Rui Costa (PT) quando os professores terão o pagamento da Unidade Real de Valor (URV), unidade de conversão da transição da moeda do cruzeiro para o real. No entanto, com a conversão de valores houve uma perda considerável para os servidores públicos da época. Essa perda foi de 11,98% dos vencimentos dos servidores.

Durante a campanha das eleições em 2014, o governador se comprometeu em debate televisivo a pagar as URV’s. Rui disse, à época, que o pagamento foi judicializado na gestão de seu adversário Paulo Souto (DEM) e prometeu pagar o dinheiro dos servidores, embora o governador Jaques Wagner (PT) também não o tenha feito em seus dois mandatos. “Vamos procurar o Judiciário e conseguir uma decisão definitiva para o pagamento aos servidores”, disse Rui Costa à época.

Hoje, em 2017, a equipe do Jornal da Chapada tentou contato com o governador, mas recebeu uma resposta sobre o caso de prepostos do gabinete do chefe do executivo baiano. De acordo com as informações passadas, a decisão cabe ao Supremo Tribunal Federal (STF) e o governador não tem poder para influenciar no andamento da decisão judicial e acelerar o processo de pagamento, caso assim seja decidido pelo Judiciário. Sem a decisão do STF, não há previsão para pagamentos da URV de todos os servidores, não apenas dos professores estaduais.

Jornal da Chapada

Confira o vídeo da professora

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios