Chapada: Prefeito de Itaberaba concede entrevista a Mário Kertész e fala de política e crise financeira

Postado em nov 7 2017 - 11:03am por Jornal da Chapada
ricardo

O jovem Ricardo Mascarenhas também lembrou da atuação de seu pai, o ex-prefeito Jadiel Mascarenhas, e disse que os planos eram de ingressar na política com o auxílio dele | FOTO: Reprodução/Tácio Moreira/Metropress |

O prefeito Ricardo Mascarenhas (PSB), da administração ‘Cidade de Todos’, do município de Itaberaba, na Chapada Diamantina, concedeu entrevista ao radialista Mário Kertész em Salvador, na Rádio Metrópole, para falar sobre política e crise financeira. Mário perguntou como se deu a entrada de Mascarenhas na vida política. O jovem gestor contou que sempre acompanhou o trabalho de seu pai, o ex-prefeito Jadiel Mascarenhas, que tinha planos de iniciá-lo na vida pública.

Com o acidente que ceifou a vida de Jadiel Mascarenhas não houve a oportunidade dos dois trabalharem juntos diretamente, mas Ricardo continuou com o planejamento feito em conjunto com seu pai e se candidatou para prefeitura de Itaberaba. “Não era para ser agora. Mas como ele [Jadiel Mascarenhas] já tinha um desejo, um plano, eu resolvi entrar, mesmo num momento de dor [com a perda do pai]. As pessoas pediam meu nome”, disse Mascarenhas. Ricardo falou que sua gestão em Itaberaba foca na saúde e que desde que assumiu tem administrado com recursos próprios do município.

“Em Itaberaba são dez meses de gestão com recursos próprios. Não recebemos nenhuma obra do governo estadual nem do governo federal, mas a gente tem um grande governador, Rui Costa, sensível com a Bahia, que inclusive estará em Itaberaba sexta-feira [veja aqui]… Os prefeitos estão fechando as UPAs [Unidade de Pronto Atendimento], e eu fiz o contrário, montei toda a estrutura de urgência e emergência com recursos próprios e mantemos a unidade sem recursos do governo federal”.

Em citação destacada pelo site Metro 1, o prefeito também defendeu a renovação dos nomes na política e afirmou que “não há mais espaço para amadores”. “Acredito na renovação. As prefeituras baianas renovaram em 82%, agora a gente tem que fazer valer os desejos das pessoas. A honestidade é o que eleva o homem. A política nacional precisa dessa renovação. As pessoas precisam ter confiança. Essa confiança nos políticos”, declarou.

“A gente está aí para mostrar que a juventude pode fazer diferente. Eu sempre enfatizo a transparência pública. Todos os prefeitos precisam mostrar transparência. Eu coloquei nos outdoors da cidade os gastos e as despesas do Município. Gosto de ser prefeito, mas é uma tarefa árdua. Ninguém bate na porta do governador, do presidente. Bate na porta dos prefeitos”, completou.

Jornal da Chapada

Confira o vídeo da entrevista

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

1 Comentário Sinta-se livre para participar desta conversa.

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.