Suíca exalta luta de Zumbi por igualdade e diz que “empoderamento crespo” reforça estratégias

site

Suíca salienta que proporcionalmente pode até ser que tenha outra cidade mais negra que Salvador, mas a maior cidade fora de África ainda é a capital baiana | FOTO: Divulgação |

O vereador e líder do PT na Câmara de Salvador, Luiz Carlos Suíca, esteve na ‘Marcha do Empoderamento Crespo’, realizada no último sábado (18), e exaltou a luta de Zumbi dos Palmares – referência do Dia da Consciência, celebrado nesta segunda-feira (20). Para Suíca, o 20 de novembro é mais um momento para reforçar as estratégias de luta por direitos iguais, contra o racismo e a violência, contra a intolerância religiosa, e por mais oportunidades para os jovens negros. “Estamos preocupados com o genocídio da juventude negra, com a falta de oportunidade, Salvador é a cidade mais negra fora de África e as oportunidades são poucas para nosso povo. O percentual de negros que temos em nossa cidade e em nosso país não se reflete em espaços importantes. É preciso desmistificar”, afirma o petista.

Suíca salienta que proporcionalmente pode até ser que tenha outra cidade mais negra que Salvador, mas a maior cidade fora de África ainda é a capital baiana. “Sempre friso que é bom os jovens, que atuam nas marchas de protestos como a do empoderamento negro, lembrem de Zumbi, de Dandara, de Luiz Gama, de Luísa Mahin, como heróis e dialoguem sobre outros negros que não sucumbiram ao patrão, que não viraram capitães do mato”, aponta. O líder do PT na Câmara ainda destacou que a ‘Marcha do Empoderamento Crespo’ reúne um grupo de jovens “que por três anos coloca o bloco na rua, fazendo a reflexão de tudo isso que lutamos lá atrás, dando continuidade de outra forma: de luta, mas com alegria e solidariedade”.

Segundo o vereador, os sucessivos cortes no orçamento do governo federal e o fim de políticas públicos para o povo pobre do país, após o processo de impedimento da presidente Dilma Rousseff (PT) são um problema para o avanço social conquistado nos últimos anos. “É preciso continuar lutando contra Temer, entendendo que os cortes e os golpes dados pelos governos brancos vão verdadeiramente atingir a uma massa, que é o povo negro. Sem falar nos capitães do mato, que chegaram ao poder e se aliaram aos brancos e depois vêm para cá fazer de conta que são os heróis contemporâneos”, diz Suíca. O edil ainda completa que “a luta política contra os conservadores e contra o grupo que se instalou no Palácio do Planalto está apenas no começo”.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.