CidadesCuriosidadesEsportesMenu Principal

Tempo na Bahia segue com redução de chuvas; Chapada registra menores temperaturas

capão
Os menores índices estão previstos pra as áreas serranas da Chapada Diamantina e Sudoeste, com mínimas de até 16°C | FOTO: Divulgação |

Para os próximos dias a previsão continuará sendo de redução das chuvas, pois a massa de ar quente e seco deverá atuar em grande parte da Bahia, porém eventos de chuvas fracas ainda poderão ocorrer em áreas isoladas do Estado. Uma dessas áreas onde há maior previsão de chuvas é a faixa centro-oeste, devido à atuação da umidade vinda da Amazônia somada as altas temperaturas. Já em outra área, que compreende a faixa centro-leste, são os ventos úmidos vindos do Oceano Atlântico que deverão favorecer a ocorrência desses eventos. Vale ressaltar que, mesmo com a atuação desses dois fenômenos meteorológicos, as chuvas serão de fraca intensidade e em locais isolados, podendo ocorrer a qualquer hora do dia.

As maiores temperaturas são observadas para o setor oeste, onde as máximas poderão atingir os 36°C. Já os menores índices estão previstos pra as áreas serranas da Chapada Diamantina e Sudoeste, com mínimas de até 16°C. Nas demais regiões as temperaturas deverão oscilar entre mínimas de 20°C e máximas de 34°C. Para Salvador e região metropolitana, a previsão é de céu parcialmente nublado com possibilidade de chuvas fracas e isoladas. As temperaturas deverão variar entre mínimas de 22°C e máximas de 31°C.

A primavera tem como uma de suas características a elevação dos Índices de Radiação Ultravioleta (IUV). Essa condição pode ser observada entre esta terça (21) e quarta (22), quando os IUVs deverão oscilar entre 12 e 13. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS) estes valores estão classificados na categoria ‘extrema’, o que requer cuidados quanto à exposição prolongada à radiação solar. Assim, recomenda-se usar protetor/filtro solar, chapéus, bonés, óculos escuros e roupas leves, principalmente entre as 10 e 16 horas. Esses cuidados são essenciais, pois poderão minimizar danos à saúde já que nesse intervalo de tempo os efeitos nocivos dos raios solares são maiores. As informações são do Inema.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios