#Polêmica: Chefe de gabinete de Ipirá recebe aumento de 445% aprovado pela Câmara de Vereadores

Postado em mar 28 2018 - 1:35pm por Jornal da Chapada
foto5

O salário do chefe de gabinete dos atuais R$ 1.900 vai para aproximadamente R$ 9 mil, dando ao ocupante do cargo o status de secretário municipal | FOTO: Divulgação/Caboronga Notícias |

De forma sutil, a mesa da Câmara de Vereadores de Ipirá colocou em votação, na sessão ordinária da última terça-feira (27), o Projeto de Lei que concede aumento de 445% ao chefe de gabinete do município, que passa a ter salário de secretário municipal. O projeto (301/2017) tem como objetivo equiparar o salário do chefe de gabinete dos atuais R$ 1.900, para aproximadamente R$ 9 mil, dando ao ocupante do cargo o status de secretário municipal.

No final do ano passado, quando a Câmara tentou aprovar na pressão o Código Tributário e o aumento do salário do chefe de gabinete, os projetos causaram revolta na população e foram alvo de uma grande manifestação nas redes sociais. Estes projetos teriam passado despercebidos se não fosse a ação de mobilização dos vereadores de oposição, que chamaram a população para a Câmara para barrar a votação, o que aconteceu.

A indignação da população contra o aumento de 445% de aumento do salário do chefe de Gabinete do município foi geral, assim como o Código Tributário que traria aumento de impostos que chegariam ao patamar de 1500%. O projeto foi aprovado por oito votos a favor e quatro contra e é retroativo a setembro de 2017. Na bancada de oposição, não estavam presentes no momento da votação os vereadores Caryl Oliveira e Marcos de Dadá. O vereador Benedito do Leite votou a favor do referido projeto. Jornal da Chapada com informações de Caboronga Notícias.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

1 Comentário Sinta-se livre para participar desta conversa.

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.