Itaberaba: Editora-chefe do Jornal da Chapada realiza palestra para alunos da rede pública de ensino

Postado em jun 20 2018 - 3:35pm por Jornal da Chapada

As crianças tiraram dúvidas e conheceram como acontece a produção textual desde a apuração até a publicação de uma notícia | FOTO: Montagem do JC |

A editora-chefe do Jornal da Chapada, Deninha Fernandes, ministrou uma palestra sobre jornalismo e edição de notícias para os alunos da Escola Municipal de Itaberaba Nelson Alves de Guimarães Carvalho. A palestra foi dirigida para os alunos do 5º Ano B do Ensino Fundamental. O objetivo da palestra foi explicar um pouco do trabalho para se fazer um texto noticioso aos alunos em uma aula diferenciada, trazendo para seu conhecimento as dificuldades, a responsabilidade e a importância da notícia no dia a dia das pessoas. Com uma metodologia clara, de fácil compreensão e com muito bom humor, Deninha envolveu os pequenos em um esclarecedor bate-papo, focando em linhas gerais, a produção passo a passo da notícia usando todos os recursos audiovisuais utilizados pelos jornalistas, desde a busca até a edição e impressão da matéria.

A repórter, que estará comemorando 22 anos de carreira no próximo dia 10 de setembro, não perdeu a oportunidade de contar para os baixinhos as suas aventuras pelos municípios da Chapada Diamantina em busca das notícias. Foram lembrados também alguns episódios dramáticos como o ‘quebra quebra’ da Câmara de Vereadores de Utinga e do Fórum da cidade de Mairi, a ‘ocupação das Fazendas Riacho da Tapera (Marcionílio Souza) e Ganha Fama (Andaraí)’, a ‘CPI do Incra (Boa Vista do Tupim)’ e a mais recente aventura de Deninha Fernandes que foi a cobertura da greve dos caminhoneiros em Itaberaba. As crianças, demonstrando muita disciplina e vontade de aprender, ouviram atentamente os relatos da jornalista e, no final, fizeram perguntas e ‘mataram’ suas curiosidades.

Todos queriam detalhes das histórias, além de perguntar mais sobre a edição do jornal impresso, de fotografias, de decupagem de áudios, sem deixar de demonstrar o interesse sobre o imediatismo da notícia praticado hoje pelo Jornal da Chapada, com sua página na internet. “Esperamos que nosso bate-papo, tenha alcançado os objetivos pedagógicos. Procuramos falar de um assunto tão importante para o nosso cotidiano que é a notícia de maneira prática, levando em conta o grau de escolaridade e a faixa etária das crianças que vai de 7 aos 12 anos. Na oportunidade, queremos agradecer ao corpo discente do Nelson Guimarães, e parabenizá-lo pela iniciativa. É muito importante para as crianças em fase de aprendizagem conviverem com o ambiente externo da sala de aula, ou seja, informando-se sobre tudo que acontece no seu entorno e na comunidade escolar”, declarou Deninha Fernandes.

Veja mais fotos da atividade

Este slideshow necessita de JavaScript.

No final da palestra, Deninha entrevistou alguns dos alunos para saber se o assunto foi de fato fixado e ficou surpresa com a desenvoltura dos baixinhos na hora de dar as respostas. “Eu gostei muito, aprendi e agora sei que não é fácil trazer uma notícia. Aprendi também que temos que ler muito para ser jornalista. A parte da aula que eu mais gostei foi quando a senhora relatou o episódio da Câmara de Utinga. A senhora foi muito corajosa”, disse Caic Pereira da Silva, de 10 anos. Já Isabel Geovania de Jesus Santos, de 8, disse que não sabia que tudo que o jornalista escreve tem que ter provas, como fotografias, áudios e depoimento das pessoas. “Deve ser difícil para a senhora saber como escreve o nome das pessoas, né?”, questionou Isabel que foi prontamente respondida por Deninha Fernandes.

Vale ressaltar que nossa editora foi à escola a convite da coordenadora pedagógica Mery Pereira e foi muito bem recebida pela diretora Maria Aparecida Nery e pelas professoras Adelma Almeida Lima, Virginia e Val. “Nós é que agradecemos pela sua disponibilidade. A ideia foi de Mery, mas nós aceitamos prontamente, afinal, de acordo com os parâmetros curriculares nacionais da nossa língua portuguesa é papel da escola possibilitar ao aluno o acesso a diversas formas textuais, sem falar que já trabalhamos com eles os textos do Jornal da Chapada, ensinando-os a produzi-los e interpretá-los, frisando a sua função dentro das práticas sociais deste gênero textual que permite, entre outros aspectos, o desenvolvimento de um trabalho eficaz com a leitura e a escrita, baseado nas características linguísticas que compõem a notícia”, concluiu a professora Adelma Almeida Lima.

Jornal da Chapada

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.