#Bahia: Partidos anunciam oficialmente seus candidatos ao governo estadual

Postado em jul 30 2018 - 12:30pm por Jornal da Chapada

Célia Sacramento será candidata ao governo da Bahia pela Rede | FOTO: Divulgação |

Diversos partidos no estado realizaram o anúncio dos seus candidatos ao governo da Bahia no último fim de semana. O Psol, por exemplo, confirmou o nome de Marcos Mendes, na convenção do partido, realizada no último domingo (29), em Salvador. O geólogo foi escolhido por aclamação de correligionários no encontro estadual da legenda, que ocorreu na Escola de Dança da Universidade Federal da Bahia (Ufba). É a terceira vez que Mendes disputa o posto de chefe do executivo estadual, nas eleições de 2010 e 2014, não conseguiu se eleger. A candidata a vice-governadora na chapa é a integrante do Movimento dos Sem Teto da Bahia (MSTB), Mira Alves, conhecida como Dona Mira. No discurso, Mendes criticou a política de reforma agrária do estado, a política de segurança pública e propôs combater a desigualdade social e implementar ações para maior distribuição de renda.

Ele ainda defendeu uma “maior democratização do estado”, através de “maior participação da população nas decisões do poder público”. “Temos um modelo de gestão extremamente autoritário, resquício do processo da ditadura. A constituição da Bahia diz que podemos ter um controle social que pode ser feito através da base popular, mas isso não foi decretado por nenhum governo que passou até agora. Só temos plebiscito para instituir e destituir municípios, mas há plebiscito, um referendo, para que haja uma participação das pessoas. A gente quer democratizar, descentralizar o governo, distribuir esse poder, e para isso temos que ouvir o povo”, completou. Entre as propostas que apresentou durante o discurso, o candidato do PSOL manifestou intenção de implementar a reforma agrária no estado, Implementar novo modelo de segurança pública, investir em esporte, cultura e lazer, como parte desse novo projeto de segurança, dentre outras.

Marcos Mendes será o candidato do Psol ao governo baiano | FOTO: Divulgação |

Rede
A ex-vice-prefeita de Salvador, Célia Sacramento, foi a escolha do partido Rede Sustentabilidade em sua convenção estadual, realizada no último sábado (28), em Salvador. Ela foi escolhida, por aclamação, pelos filiados que participaram do evento. Célia disputará o cargo de chefe do executivo estadual pela primeira vez. O candidato a vice-governador na chapa é o empresário José Itamário, natural de Vitória da Conquista. Em seu discurso, Célia citou que o Brasil e a Bahia possuem altas taxas de desemprego, escassez de moradia, disse que há falta de investimento em educação e saúde, falta de políticas públicas para a juventude e criticou o que chamou de “abandono no semiárido e dos pequenos agricultores familiares”.

“Só através da política é que vamos conseguir fazer as transformações, mas o problema é que quem está na política se preocupa mais com interesses pessoais do que com o interesse coletivo. Temos de um lado uma minoria com tudo e, de outro, uma maioria sem nada, totalmente excluída. Estamos falando da juventude, das pessoas com deficiência, das pessoas da terceira idade e, principalmente, das mulheres”, destacou. Seu programa de governo conta com propostas basicamente desenvolvimentistas, como a implantação de projetos que gerem emprego e renda, de políticas para desenvolvimento da região semiárida e da agricultura familiar, projetos que valorizem as mulheres, de política pública de inclusão social e mobilidade, dentre outros.

Sacramento nasceu em São Paulo, mas mora em Salvador desde os seis anos de idade. É mestre em controladoria e contabilidade pela Universidade de São Paulo (USP) e doutora em engenharia de produção pela Universidade Federal Santa Catarina (UFSC). Foi candidata a vice-presidente da República ao lado de Eduardo Jorge (PV), em 2014. Divorciada e mãe de dois filhos, Célia Sacramento é professora da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS) e da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Em 2013, foi eleita na sede da União das Nações Unidas (ONU) como vice-presidente da Aliança Global de Prefeitos e Líderes Africanos e Afrodescendentes (GAMAD). A instituição busca inclusão social por meio do empoderamento de mulheres e jovens.

PV vai apoiar a candidatura de José Ronaldo | FOTO: Divulgação |

Partido Verde
Já o Partido Verde (PV) na Bahia oficializou, no domingo (29), o apoio a candidatura do ex-prefeito de Feira de Santana José Ronaldo (DEM) ao governo do estado e a candidatura de Jutahy Magalhães (PSDB) ao Senado Federal na chapa de oposição. O evento ocorrido na Câmara Municipal de Salvador contou com a presença de Ronaldo, Jutahy e do vice-prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM). O atual Ministro do Meio Ambiente e ex-deputado Federal baiano Edson Duarte também participou da cerimônia. Para Duarte, “a eleição de parlamentares comprometidos com a agenda verde da sustentabilidade é essencial para não permitirmos retrocessos, além de acelerar o país no caminho do desenvolvimento sustentável”.

Entre os candidatos aprovados estão, além do ex-secretario da Cidade Sustentável de Salvador e atual presidente do PV baiano Ivanilson Gomes, os ex-deputados federais Edgard Mão Branca e Sérgio Carneiro, o conselheiro da OAB Waldir Santos, o forrozeiro Targino Gondin. Para deputado estadual a lista tem nomes como os vereadores de Salvador Sabá, Paulo Magalhaes Jr, a vereadora de Serrinha Edylene Ferreira, a advogada Andrea Marques conselheira da OAB. Jornal da Chapada com informações de G1BA e Bahia Notícias.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.