Pular para a barra de ferramentas
AssessoriaCidadesCuriosidadesMenu Principal

#Bahia: Fotógrafo Rui Rezende lança livro sobre vaqueiros de Jeremoabo em Feira de Santana

O visível interesse dos vaqueiros do Raso da Catarina pela foto fez, desse encontro fortuito, surgir “Vaqueiros do Raso da Catarina”, o 6º livro da carreira do fotógrafo Rui Rezende | FOTO: Divulgação/Rui Rezende |

No próximo dia 29, o Museu Regional de Arte (MRA), em Feira de Santana, recebe o lançamento do livro do fotógrafo Rui Rezende, sobre os vaqueiros de Jeremoabo. Cavaleiros paramentados em vestes de couro rasgam a paisagem entre imburanas, angicos, xiquexiques e facheiros. Em meio a névoa de poeira que levanta no ar, os cavaleiros vão campeando em busca do gado desgarrado, uma peleja se inicia na ‘visage’ da caatinga. A cena, forte e bela para quem presencia é um filme pronto de uma cultura que resiste. Raso da Catarina. Há quem diga que o raso é um encantamento, uma voz feminina que ecoa pelos vales saindo dos bicos das araras-azuis-de-lear.

O primeiro encontro se deu ao acaso, Rui fotografava a trabalho, foi entrando na mata e se deparou com um grande acampamento e para quebrar a desconfiança inicial dos homens o fotógrafo mostrou a página de um livro seu com a foto de vaqueiros da Gruta dos Brejões na Chapada Diamantina. O visível interesse dos vaqueiros do Raso pela foto fez, desse encontro fortuito, surgir “Vaqueiros do Raso da Catarina”, o 6º livro da carreira do fotógrafo.

Este slideshow necessita de JavaScript.

O texto assinado por Cícero Félix, jornalista e professor da Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB), traz, como ele diz “fileiras de causos” relatados propositalmente em linguagem coloquial com o cuidado de resguardar as características de uma cultura viva que se estrutura em uma relação visceral entre o Raso da Catarina e o sertanejo ali nascido, como disse Seu Euclides, filhos da coragem de Lampião e da fé de Conselheiro.

“Vaqueiros do Raso da Catarina” transmite a intensidade e a força solar de uma rara cultura. Com 156 páginas, bilíngue, o livro se completa com um precioso dicionário que identifica a rica indumentária e objetos que paramentam o vaqueiro e seu cavalo. Jornal da Chapada com informações de assessoria.

Serviço:
Lançamentos na Bahia de “Vaqueiros do Raso da Catarina” de Rui Rezende
Editora P55 [http://edicao.p55.com.br/editora/], 156 páginas, 2018, com qrcode de acesso ao vídeo de making off da produção.
Preço de capa: 120,00 (cento e vinte reais)

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios