Prefeito de Salvador ACM Neto fala sobre boicote a posse de Bolsonaro: “É preciso desmontar o palanque”

Postado em jan 1 2019 - 4:37pm por Jornal da Chapada

O gestor de Salvador esteve na posse do presidente Jair Bolsonaro em Brasília | FOTO: Secom/PMS |

O prefeito de Salvador e presidente do DEM, ACM Neto, criticou a ausência de representantes da oposição na posse do presidente Jair Bolsonaro. O mandatário lembrou que, embora fizesse oposição ao PT, participou da cerimônia que empossou a presidente Dilma Rousseff. “A eleição acabou. É preciso desmontar o palanque”, afirmou, ao deixar a solenidade que empossou Bolsonaro e seu vice, general Hamilton Mourão, na Câmara dos Deputados.

ACM Neto fez elogios ao discurso de Bolsonaro, que, segundo ele, apontou para a necessidade de uma mudança no País e demonstrou a intenção de governar para todos. Ele disse contar com a “ajuda” do Congresso para fazer avançar a agenda. Ele também disse que a eventual participação do partido na base do governo está vinculada a um apoio da sigla à reeleição de Rodrigo Maia (DEM-RJ) na presidência da Casa.

“Uma coisa não está ligada à outra. Rodrigo não é um candidato do Democratas, é um candidato de diversos partidos da Câmara dos Deputados”, disse ACM Neto, que também é prefeito de Salvador. Segundo contou, o DEM deve fazer uma reunião em fevereiro para deliberar se integra ou não a base do governo. A adesão não foi automática, a despeito de ser o partido ter o comando de três Pastas importantes na Esplanada: Casa Civil, com Onyx Lorenzoni (RS); Saúde, com Luiz Henrique Mandetta (MS); e Agricultura, com Tereza Cristina (MS). As informações foram extraídas do Estadão.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.