Chapada: Índice divulgado pelo TCM aponta que educação em Jussiape está entre as piores da região

Postado em fev 7 2019 - 1:10pm por Jornal da Chapada

O investimento na educação pública no município chapadeiro é de mais de R$ 19 milhões | FOTO: Reprodução/Bahia Verdade | |

Jussiape é a cidade que tem o menor Índice de Performance da Educação nos Municípios (IPEM), divulgado pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) da Bahia, entre as 25 cidades conceituadas como pertencentes à região da Chapada Diamantina. O município apresenta a menor nota geral somando total de 8,031 pontos para a educação pública.

Na lista estão cidades como Mucugê (10,545 pontos) com rendimento também ruim, mas também há cidades como Barra da Estiva (21,187 pontos) que aparece em 4ª posição e Seabra em primeiro lugar (41,798 pontos). Seabra, porém, com orçamento muito superior às demais (R$84.053.000). Já Barra da Estiva conta com orçamento de R$56.342.375,00 e Jussiape R$19.273.534,29.

Ainda dentre os problemas na Educação em Jussiape, está a remuneração dos professores que, segundo TCM, o percentual de recursos do Fundeb aplicado na remuneração dos profissionais do magistério é de 55,78%. Enquanto que em Barra da Estiva este percentual fica em 79,94%. Ibicoara, por exemplo, fica bem próximo do limite (60%) com 65,65% do Fundeb é gasto com remuneração dos profissionais. Jornal da Chapada com informações do Blog Regional.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.