CidadesCuriosidadesEditorialMenu Principal

#Brasil: Jornalista Roberto Avallone morre aos 72 anos em São Paulo após sofrer parada cardíaca

Avallone teria passado mal durante a madrugada e levado ao hospital, mas não resistiu após sofrer uma parada cardíaca |FOTO: Divulgação |

O jornalista e apresentador Roberto Avallone morreu nesta segunda-feira (25), aos 72 anos, em São Paulo, no Hospital Santa Catarina. A causa da morte teria sido problemas cardíacos. Ele teria passado mal durante a madrugada e levado ao hospital, mas não resistiu após sofrer uma parada cardíaca. Avallone nasceu em 1947 e começou a carreira em 1966, no jornal Última Hora. Trabalhou também no Jornal da Tarde e em diversas rádios como Jovem Pan, Eldorado e Bandeirantes.

Em seu blog no Uol, Avallone dizia ser jornalista esportivo há mais de 45 anos. “Primeiro o jornal, depois o rádio; mais tarde a TV. E finalmente, a tal da internet. Troquei a velha Remington – de som marcante e inspirador – pelo mouse e teclado. Seja qual for o meio, seja qual for o ano corrente, lá estarei eu falando sobre minha grande paixão: o futebol. Tem gente que gosta do que faz. Eu faço o que gosto”, escreveu.

Avallone também foi apresentador do programa Mesa Redonda, da TV Gazeta, onde ficou conhecido por bordões como “no pique” e “exclamação”. O Palmeiras, clube para o qual Avallone torcia, fez uma homenagem a ele em seu Twitter. “A Sociedade Esportiva Palmeiras lamenta o falecimento de Roberto Avallone e deseja força aos amigos e familiares do jornalista palmeirense”. Da Agência Brasil.

Etiquetas
Mostrar mais

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Pular para a barra de ferramentas