CidadesCuriosidadesMenu PrincipalMundo

#Mundo: Redução no número de coalas na Austrália pode causar extinção da espécie

Estima-se que existam menos de 80 mil na natureza, o que caracteriza uma extinção funcional | FOTO: Divulgação |

O coala (Phascolarctos cinereus) é um mamífero marsupial endêmico da Austrália. Estes marsupiais encontram-se em via de extinção segundo os dados da Australian Koala Foundation que atua na proteção desta espécie desde 1986. De acordo com a instituição, os adoráveis coalas sofrem um grave declínio devido à destruição do habitat, ataques de cães domésticos, incêndios florestais e acidentes rodoviários. Estima-se que existam menos de 80 mil na natureza, o que caracteriza uma extinção funcional. Em outras palavras, essa extinção é devido ao decréscimo de sua população o que diminui significativamente o desempenho do animal ou não conseguir mais se reproduzir, por conta das chances de encontros terem reduzido tanto.

Segundo a fundação de proteção aos coalas, “não existe nenhuma lei que proteja de forma eficaz e sustentável o habitat dos coalas em toda a Austrália. De fato, até o momento, ainda não há vontade política para fornecer os recursos adequados em termos de conservação, sua implementação e os mecanismos de monitoramento e fiscalização necessários para aplicá-los”. Tem sido difícil dizer exatamente quantos ainda existem na Austrália, porém, além do desmatamento, outro fator, que atinge mundialmente o desequilíbrio do ecossistema, é a mudança climática que tem contribuído para o sumiço das espécies. As informações são do site Australian Koala Foundation.

Jornal da Chapada

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios
Pular para a barra de ferramentas