Missão do Governo na Espanha atrai investimentos em energias renováveis para a Bahia

Publicidade
Postado em maio 20 2019 - 1:38pm por Jornal da Chapada

O secretário do Planejamento do Estado, Walter Pinheiro, cumpriu ampla agenda de trabalho em Navarra | FOTO: Divulgação |

Uma missão liderada pelo secretário do Planejamento do Estado, Walter Pinheiro, cumpriu ampla agenda de trabalho em Navarra (Espanha), na última sexta-feira (17), com o objetivo de atrair investimentos em energias renováveis para a Bahia. Pinheiro esteve acompanhado do superintendente de Atração e Desenvolvimento de Negócios da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), Paulo Guimarães, e o chefe de gabinete da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), Gesil Segundo, quando se reuniu com representantes do Centro de Energias Renováveis de Navarra (Cener), com o vice-presidente de Desenvolvimento Econômico de Navarra e com executivos da empresa Nabrawind, desenvolvedora de tecnologia em energia eólica e que pretende se implantar na Bahia. De acordo com o secretário, no Cener, foram discutidas com o diretor de Desenvolvimento de Negócios, Eduardo Aznar, as possibilidades de parcerias no desenvolvimento de tecnologia de geração de energia a partir das fontes solar fotovoltaica, eólica e biomassa, todas com grande potencial em nosso estado.

“Com larga experiência no desenvolvimento de tecnologias em parceria com fabricantes de equipamentos e empresas de geração de energia, dentre as quais Gamesa, Acciona e Iberdrola, empresas que já estão na Bahia, o Cener se mostrou interessado em fazer parcerias com o Governo do Estado e universidades e centros de tecnologia baianos, com vistas à adaptação de equipamentos às nossas condições climáticas, ao desenvolvimento e implantação de projetos de reciclagem de resíduos sólidos, na busca de viabilização de condições para cumprimento da Lei de Resíduos Sólidos e criação de condições para uma modelagem de licitação com sustentabilidade na parceria com municípios e iniciativa privada, e de geração distribuída de energia solar fotovoltaica”, disse Pinheiro, ao ressaltar que esses projetos buscarão desenvolver oportunidades de negócios para empresas baianas, bem como a incubação de novas empresas voltadas à produção de equipamentos e prestação de serviços.

A missão do Governo da Bahia também se reuniu com Manu Ayerdi Olaizola, vice-presidente de Desenvolvimento Econômico de Navarra, província com maior contribuição industrial para o Produto Interno Bruto (PIB) da Espanha. “Nesta reunião foram identificadas diversas sinergias entre as economias da Bahia e de Navarra, dentre as quais as energias renováveis, a produção de alimentos, bebidas e outras soluções envolvendo pesquisa em genética e biotecnologia, dentre as quais a gestão de saúde e produção de fármacos”, destacou o superintendente Guimarães. O Governo de Navarra se mostrou interessado em estimular investimentos de empresas na Bahia e se comprometeu a vir para o estado, ainda este ano para avançar nas discussões e estabelecer um programa de ações conjuntas.

Na reunião com a empresa Nabrawind, desenvolvedora de tecnologia em energia eólica, foram discutidas as condições para implantação na Bahia de uma unidade de produção de um modelo inovador de torre eólica, desenvolvida pela Nabrawind, que reduz significativamente o custo da torre e de sua implantação. “A empresa pretende se implantar na Bahia em parceria com empresas fornecedoras locais, uma vez que sua atuação se concentra na tecnologia de montagem das torres eólicas. O Governo da Bahia colocará a Nabrawind em contato com o setor eólico brasileiro, para que as empresas avaliem a viabilidade de utilização das tecnologias e produtos desenvolvidos pela empresa espanhola”, disse Pinheiro. As informações são da Seplan.

Sobre o Autor

| Bem vindo ao espaço virtual do JORNAL DA CHAPADA |

Deixe Uma Resposta

Você deve ser logando em para postar um comentário.